O golaço de Jonathan Calleri ganhou o mundo no final de semana. A estrela na Bombonera era Tevez, em sua reestreia no Boca Juniors, mas quem roubou a cena foi o seu companheiro de ataque. O jovem aproveitou uma sobra de bola para emendar de letra, por cobertura. Para muita gente, uma pintura candidatíssima a faturar o próximo Prêmio Puskás. Ainda que a comparação com outro golaço de letra, de seu compatriota Lamela pelo Tottenham, tenha sido inevitável.

No debate sobre qual o tento mais bonito, o canal do Youtube AV Vídeo, resolveu a apresentar a sua versão da história. Sem se contentar apenas com Calleri e Lamela, compilou os “10 melhores gols de letra desde século”. Uns nem tão sensacionais assim, é verdade, mas todos obra de puro talento. E vale esclarecer: o que conhecemos por “gol de letra” é bem mais abrangente do que chamam no exterior de “rabona”. Para eles, é o chute com as pernas trançadas, batendo de bico na bola. Por isso mesmo, não dá nem para reclamar da ausência do gol de Alex na final da Copa do Brasil de 2003, por exemplo. Já é outra categoria.

Ah, e caso você esteja se coçando para saber, já dá para adiantar: nenhum dos dois argentinos é o primeiro colocado da lista. Aliás, não estão nem no segundo lugar. E talvez você concorde com isso. Confira: