Cairo Santos faz história no futebol americano. O primeiro brasileiro a disputar a liga de futebol americano tem sido um dos principais jogadores de sua posição. O kicker ajudou o Kansas City Chiefs a chegar entre as oito melhores equipes do campeonato e terá um desafio imenso neste sábado. Seu time pega o New England Patriots, conhecido pelo quarterback Tom Brady – considerado por muita gente como o maior de todos os tempos no esporte ou, por parte da imprensa brasileira, como o “marido de Gisele Bündchen”. Os chutes certeiros do camisa 5 têm a chance de eliminar os atuais campeões.

VEJA TAMBÉM: Conheça Aldo Donelli, o craque americano em uma Copa do Mundo que virou técnico da NFL

A técnica de Cairo com a bola oval, entretanto, foi moldada brincando com uma bola redonda. Nascido em Limeira e crescido em Brasília, o garoto se mudou aos Estados Unidos quando tinha 15 anos, sonhando com uma chance no soccer. “Fui para os Estados Unidos tentando ser jogador de futebol, ganhar uma bolsa na faculdade para jogar. Mas conheci o futebol americano quando tinha uns dois meses que estava lá e me apaixonei. É como se estivesse batendo uma falta, marcando um gol importante para o time. É mais ou menos a mesma emoção do futebol. Eu gostei disso. No primeiro dia que chutei na frente do nosso técnico, ele falou que era raro ter alguém com um chute tão forte aos 15 anos”, declarou o brasileiro, em entrevista ao Globo Esporte, há um ano.

Torcedor do Flamengo, Cairo já deu algumas provas de que sabe bem como tratar a bola redonda, em vídeos gravados fazendo embaixadinhas. Ou mesmo que respeita também a cartilha do zagueiro, dando até carrinho em adversário na NFL. Na última semana, contudo, a página da liga no Facebook divulgou mais uma de suas cenas de habilidade. Domínio de boleiro, com a bola redonda ou com a bola quadrada: