A torcida da Juventus acreditava. Por mais que o favoritismo estivesse do lado do Barcelona, nada fazia os bianconeri abandonarem sua história de amor. O clube esperou 12 anos para voltar à decisão da Champions e, para quem esteve desacreditado também nas semifinais, não seria no último momento que os italianos vacilariam. No fim das contas, o sonhado título não veio, mas a Juve orgulhou os seus. Fez uma partida encarando o Barcelona no olho e teve sua chance de vencer. Enquanto isso, nas arquibancadas, os milhares de juventinos que viajaram até Berlim soltavam a voz da garganta.

E não foi o vice-campeonato que afastou a torcida do elenco, especialmente diante do esforço em campo. Ainda na noite deste sábado, a equipe de Massimiliano Allegri voltou a Turim. Apesar das lamentações, pôde se animar com a calorosa recepção que tiveram na saída do aeroporto. Centenas de bianconeri se reuniram, com faixas e sinalizadores, continuando a cantar para a Velha Senhora. Motivo de orgulho após uma fantástica temporada do clube, e que motiva ainda mais para tentarem com ainda mais afinco o título continental na próxima temporada.