Às vezes não é preciso jogar bem para vencer: basta ter um artilheiro como Giroud ou Kane

Arsenal e Tottenham não jogaram bem, mas contaram com gols decisivos dos seus artilheiros Giroud e Kane para marcarem mais uma vitória na tabela

Sofrer é parte do futebol. Quem nunca sofreu, certamente não torce para time algum. Tottenham e Arsenal sofreram muito nos seus jogos pela Premier League neste sábado, com vitórias suadas, mas importantíssimas. Em um dia que a atuação não foi grande coisa, os dois times contaram com seus artilheiros para balançarem as redes e garantirem os triunfos. Olivier Giroud marcou duas vezes nos 2 a 1 do Arsenal contra o Newcastle fora de casa, enquanto Harry Kane marcou três na vitória por 4 a 3 do Tottenham contra o Leicester em casa.

LEIA TAMBÉM: Na vitória fácil do City, o árbitro cometeu uma lambança que ninguém entendeu até agora

Mesmo jogando no St. James’ Park, casa do Newcastle, o Arsenal fez um primeiro tempo muito bom. Conseguiu abrir 2 a 0 com dois gols de Giroud, ambos aproveitando cruzamentos. Um jogo que se desenhava tranquilo. Isso até o Newcastle voltar do intervalo. Determinado, o time da casa diminuiu o placar logo a cinco minutos e pressionou, pressionou, pressionou… Mas não conseguiu. O Arsenal soube sofrer e esta é uma qualidade do time. A atuação no segundo tempo foi bastante aquém do esperado, mas Giroud garantiu a vitórias com os dois gols do primeiro tempo.

O rival do Arsenal, Tottenham, tinha uma missão teoricamente muito mais fácil. Em casa, no White Hart Lane, recebeu o último colocado, Leicester. Ainda abriu 2 a 0 com dois gols de Kane, 17º e 18º dele na Premier League. Tudo muito bom, tudo muito bem, nada a se preocupar. Isso até Vardy diminuir aos 38 e colocar fogo no jogo. Porque aos cinco minutos do segundo tempo, Morgan empatou o jogo e deixou as 35.950 pessoas no estádio tensas.

Paulinho, então, entrou em campo, substituindo Townsend. Assim como em outras vezes, jogou mais à frente, na linha de meias. Desta vez, porém, foi muito bem. O gol de Harry Kane em um pênalti discutível de Nugent em Danny Rose deixou as coisas melhores para o Tottenham aos 19 minutos. Depois, aos 40 minutos, foi Paulinho que fez uma belíssima enfiada de bola para Eriksen, que dividiu com o goleiro e com o zagueiro Schlupp, que acabou marcando contra. Um placar de 4 a 2, a essa altura, deixa tudo tranquilo, certo?

Errado. O Tottenham ainda sofreu outro gol, de Nugent, aos 44 minutos. Com isso, os minutos finais foram de tensão novamente. O Leicester, mesmo sendo um time horroroso, ainda conseguiu dar um calor no time da casa, mas não criou nenhuma chance real. Foi só no abafa mesmo. Os três pontos foram garantidos, mais uma vez, graças a uma grande atuação de Kane. O inglês assumiu a artilharia da Premier League com 19 gols marcados, um a mais que Diego Costa, que ainda joga neste domingo pelo Chelsea contra o Hull.

Nem Arsenal, nem Tottenham jogaram para convencer seus torcedores. Seus artilheiros, porém, continuam afiados e isso tem ajudado. Giroud chegou a 26 jogos e 16 gols marcados. Na Premier League, o francês de 28 anos tem 19 jogos e 13 gols, uma boa média. Já Kane faz a temporada da sua vida. O atacante de 21 anos chegou a 29 gols na temporada em 43 jogos. Contando só a Premier League, são 26 jogos e 19 gols, o que é uma média excelente, ainda mais para um atacante que mal conseguia jogar na última temporada. Se não têm times que atuam tão bem coletivamente, ao menos os rivais do norte de Londres contam com artilheiros em ótima fase para conquistar pontos importantes.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM DE:

– Seis motivos que tornam esse Liverpool x United mais imperdível do que de costume