Nem mesmo as forças da natureza foram capazes de impedir a classificação do Vélez Sarsfield na Copa Libertadores. Líder do Grupo 7, agora com 12 pontos, El Fortín foi até o México e bateu por 2 a 0 o Chivas Guadalajara. Durante o primeiro tempo, o abalo sísmico que atingiu o país foi levemente sentido no estádio Omnilife, mas não interrompeu a partida.

Na rodada final, o Chivas encara o Deportivo Quito fora de casa precisando vencer. Caso espere a classificação, o clube de Guadalajara ainda precisará torcer pela vitória do Vélez sobre o Defensor na Argentina. Os equatorianos somam sete pontos, um a mais que os uruguaios e três a mais que os mexicanos.
Em primeiro tempo equilibrado, o Chivas levou perigo no primeiro minuto, quando Marco Fabián arrematou da entrada da área e Marcelo Barovero desviou para a linha de fundo. A melhor chance antes do intervalo veio aos 34, com Érick Torres acertando o travessão argentino. Já o Fortín teve seus dois melhores lances protagonizados por Mauro Óbolo, errando o alvo por pouco em ambas as oportunidades.

O Rebaño Sagrado finalizou mais no começo da segunda etapa, mas acabou sofrendo o primeiro gol aos 25 minutos. Augusto Fernández soltou a bomba do bico direito da grande área e venceu o goleiro Hugo Hernández. No último minuto, enfim, Lucas Pratto fechou o placar, aproveitando contra-ataque para chutar cruzado e estufar as redes.