O nome traz boas associações, e o desempenho, embora longe de seu quase xará, tem sido bastante convincente neste início de temporada. Graziano Pellè chegou ao Southampton a pedido do novo técnico do clube, o holandês Ronald Koeman, que o treinou no Feyenoord na última temporada, e o impacto imediato do grandalhão italiano tem justificado o desejo do comandante. Neste sábado, Pellè anotou uma pintura na vitória por 2 a 1 sobre o Queens Park Rangers, num lance que Pelé com certeza assinaria embaixo.

VEJA TAMBÉM: Mate a saudade de Recoba vendo o gol olímpico que ele fez pelo Nacional

Graziano Pellè tem sido o principal nome de um Southampton que surpreende no início de temporada. Mesmo após o desmanche com a venda de atletas como Shaw, Lallana, Chambers, Lovren e Lambert para alguns gigantes ingleses, os Saints têm dado conta de fazer uma campanha impressionante, com quatro vitórias e apenas uma derrota em seis jogos e a segunda colocação após seis rodadas. O italiano já marcou quatro gols e deu duas assistências nesse período. Evidentemente será difícil o clube manter essa toada até o final, mas, no que depender de Pellè, tem potencial para ter um momento ou outros de brilhantismo até o fim, sim.