Juventus e Torino se encontraram neste domingo, no Juventus Stadium, e protagonizaram um dos dérbis mais equilibrados entre os dois nos últimos anos. O Toro até ofereceu resistência, com Bruno Peres marcando um golaço impressionante, mas do outro lado estava Andrea Pirlo, e sua capacidade de decidir partidas importantes não pode ser esquecida em momento algum – sobretudo nos últimos segundos de jogo. Com um belo chute, o camisa 21 decidiu a vitória por 2 a 1 do líder da Serie A.

VEJA TAMBÉM: É por isso que Pellegrini quer manter Lampard no Manchester City

De pênalti, Vidal havia inaugurado o marcador aos 13 minutos do primeiro tempo. Também na primeira etapa, Bruno Peres empatou para o Torino. Enquanto o jogo rolava, a impressão era de que a chance de acabar com a sequência de mais de 19 anos sem vitória sobre a Juventus nunca havia sido tão grande para o Toro. O equilíbrio era muito grande, com os números finais apresentando 16 finalizações para cada lado, além de uma vantagem pequena dos Bianconeri na posse de bola: 55%.

Nada disso importou para o pé calibrado de Pirlo, que recebeu de Vidal e bateu com categoria no canto do gol de Gillet. Mais uma vitória para a Juve, mais um momento de brilhantismo do maestro, que, conforme o tempo passa, parece cada vez mais capaz de proporcionar lances de inspiração singular.