Duelo das boas surpresas na Inglaterra e vários clássicos

Arsenal e Liverpool fazem o grande jogo da rodada no futebol internacional. Confira os destaques no Roteiro Trivela

Um final de semana que promete surpresas no futebol internacional. E que não poderia contar com um jogão mais apropriado: Arsenal x Liverpool, queimando a língua de todos os seus críticos nos últimos anos, protagonizam a principal partida da rodada. Um confronto que vale também a liderança da Premier League. De resto, são vários clássicos. De caráter regional, como Barcelona x Espanyol; por história, a exemplo de Atlético de Madrid x Athletic Bilbao; e que transcendem o campo, como Partizan x Estrela Vermelha e Panathinaikos x Olympiacos. Veja os destaques:

– Confira a programação de TV deste final de semana

O jogão

Arsenal x Liverpool
Sábado, 15h30 (ESPN Brasil e Watch ESPN)

Quem diria que Arsenal e Liverpool chegariam tão bem para o confronto da 10ª rodada? Os Reds amargaram mais uma campanha de meio de tabela na última temporada, enquanto os Gunners vinham em declínio sob as ordens de Arsène Wenger. Contudo, bastaram algumas transferências e a manutenção da base para que os dois times voassem na Premier League – contando também com as mudanças sofridas pelos concorrentes. O Arsenal é o líder, sem saber o que é derrota desde a estreia. Já o Liverpool aparece na terceira colocação, dois pontos atrás, com três vitórias nos últimos quatro jogos.

E a principal expectativa para o jogo do Emirates é contar com um festival de gols, já que estarão em campo dois dos melhores ataques da Inglaterra. O Arsenal vai se destacando pelas atuações magistrais de Mesut Özil, agora em companhia do recuperado Santi Cazorla. A responsabilidade pelos gols fica com os iluminados Olivier Giroud e Aaron Ramsey. Tão inspirado quanto está Daniel Sturridge, artilheiro da PL e principal responsável pela boa colocação do Liverpool. E o inglês agora tem a valiosíssima parceria de Luis Suárez, autor de seis gols em três jogos desde o fim de sua suspensão no torneio, e também poderá contar com o auxílio de Philippe Coutinho, que volta de lesão.

Fique de olho também

Barcelona x Espanyol
Sexta-feira, 18h (Sports+)

Jogadores do Barcelona comemoram o gol de Neymar, o primeiro do jogo (AP Photo/Emilio Morenatti)

Se o Barcelona é o líder de La Liga, deve muito ao Espanyol. Afinal, o único tropeço do Atlético de Madrid no campeonato foi imposto pelos blanquiblaus. E o clube quer continuar sendo o fiel da balança no Clássico da Catalunha, que alimenta a rivalidade entre os times há mais de 80 anos. Enfrentando o segundo dérbi em uma semana, o Barça promete contar com força máxima no Camp Nou. Neymar, Xavi e Andrés Iniesta foram poupados na rodada do meio de semana e têm tudo para voltar ao time de Tata Martino. Já Lionel Messi tenta quebrar o incômodo jejum de três jogos seguidos no Espanhol sem marcar – se completar a quarta, iguala sua pior marca desde abril de 2011.

Lille x Monaco
Sábado, 18h (Sportv e ESPN+)

Como era de se prever, Paris Saint-Germain e Monaco brigam ponto a ponto pela liderança da Ligue 1. Mas a boa surpresa da competição é o Lille, que, mesmo sofrendo seguidos desmanches nos últimos anos, vem fazendo uma ótima campanha e pode até mesmo tomar a primeira colocação, caso o PSG também tropece contra o Lorient. A força dos Dogues está concentrada em sua defesa, vazada apenas quatro vezes em 11 jogos. Um desafio para Radamel Falcao García, artilheiro do Francesão com oito jogos.

San Lorenzo x Boca Juniors
Domingo, 19h15

O Newell’s Old Boys lidera o Torneio Inicial do Campeonato Argentino de maneira isolada, com três pontos de vantagem. Todavia, os tropeços dos leprosos nas últimas rodadas encheram a concorrência de esperanças. Incluindo San Lorenzo e Boca Juniors, que disputam clássico no Nuevo Gasómetro neste domingo. Invictos há sete jogos, os xeneizes estão na terceira posição e contam com a fase inspirada do artilheiro Emmanuel Giglitotti. Já os cuervos, uma posição atrás, precisam se recuperar do baque da derrota na decisão da Copa Argentina, vencida pelo Arsenal de Sarandí.

Milan x Fiorentina
Sábado, 17h45 (Fox Sports e RAI)

Kaká comemora seu golaço sobre a Lazio  (AP Photo/Antonio Calanni)

O Milan não consegue engrenar na Serie A. Os rossoneri só alcançaram uma vitória nas últimas quatro rodadas e estão estagnados na décima colocação. Se há uma oportunidade para o time de Massimiliano Allegri se motivar é no sábado, em San Siro. Os rossoneri terão um jogo difícil contra a Fiorentina, dona de bons jogos na temporada, mas que demonstrou suas fraquezas ao perder em casa para o Napoli na última rodada. Os centros das atenções serão dois brasileiros: Robinho, de volta à Seleção, e Kaká, o verdadeiro dono do time. No entanto, a frágil defesa dos milanistas, ponto fraco do time na temporada, precisará redobrar suas atenções sobre Giuseppe Rossi, artilheiro da Serie A com nove gols em dez jogos.

Seattle Sounders x Portland Timbers
Domingo, 0h

O confronto mais importante da história das duas torcidas mais fanáticas dos Estados Unidos. Até então, a partida mais notável entre os dois rivais da Cascadia tinha acontecido em 1975, quando os Timbers eliminaram os Sounders nas quartas de final da NASL. Desta vez, o dérbi vale vaga na decisão da Conferência Oeste da MLS. E o primeiro encontro acontece no CenturyLink Field, que abrigou 67 mil torcedores no último embate, o segundo maior público da história da MLS – recorde que só não é quebrado porque o estádio não consegue comportar mais gente.

Vale uma zapeada

Atlético de Madrid x Athletic Bilbao
Domingo, 14h (ESPN e Watch ESPN)

O Atlético de Madrid tem um de seus maiores desafios na campanha irretocável em La Liga. Os colchoneros recebem o Athletic Bilbao no Vicente Calderón, em um encontro que remete à história. Afinal, o Atleti é sangue do sangue dos Leones, fundado por estudantes bascos que viviam em Madri. Além disso, a rivalidade recente foi alimentada pelo duelo entre os dois clubes na decisão da Liga Europa em 2012. Vice-líder do Espanhol, o Atlético é empurrado pela fase inspiradíssima de Koke, David Villa e Diego Costa, autor de 12 gols em 11 rodadas. Já o Athletic faz boa campanha sob o comando de Ernesto Valverde e é o quinto colocado. Trazido a peso de ouro do Betis, Beñat é o destaque do time.

Everton x Tottenham
Domingo, 11h30 (Fox Sports)

Lukaku comemora um de seus gols contra o Newcastle (AP Photo/Jon Super)

Duas das forças em ascensão na Premier League. O Tottenham conta com um dos elencos mais fortes da competição e tem conseguido bons resultados, ao se manter no Top Four. A defesa é o ponto forte do time de André Villas-Boas, enquanto o ataque tem pecado pela falta de poder de decisão. Do outro lado, o Everton conta com a força do Goodison Park para tentar triunfar. O time de Roberto Martínez está na sexta posição e só foi derrotado uma vez. O grande nome dos Toffees na campanha é o artilheiro Romelu Lukaku, autor de cinco gols na PL.

O reencontro

Orlando Pirates x Al Ahly
Sábado, 16h30

Foram dois confrontos entre Orlando Pirates e Al Ahly na Liga dos Campeões da África, ambos pela fase de grupos. E a vantagem é dos sul-africanos, com uma vitória e um empate. Porém, nenhum deles teve tanto peso quanto o jogo deste sábado, em Johanesburgo, o primeiro encontro pela final do torneio continental, valendo vaga no Mundial de Clubes. Os Pirates tentam quebrar o jejum de 18 anos sem um título seu e de um time da África do Sul na LC. Já o Al Ahly quer ampliar sua hegemonia ao faturar o torneio pela oitava vez, a segunda seguida, com o eterno Mohamed Aboutrika liderando a equipe de novo.

Os clássicos

Cardiff City x Swansea
Domingo, 14h

O confronto de Cardiff e Swansea é o maior clássico de Gales. Uma rivalidade tão grande que também é colocada entre as maiores da Grã-Bretanha. São 101 anos de inimizade, iniciada justamente na primeira partida da história dos Swans. E, em 105 duelos, nunca houve um tão importante quanto o que acontecerá neste domingo. Pela primeira vez, os dois times se encontrarão pela elite do Campeonato Inglês. Este, aliás, é o melhor momento concomitante dos dois times: enquanto o Swansea disputa a Liga Europa após conquistar a Copa da Liga, o Cardiff vem em ascensão graças ao investimento de Vincent Tan e à conquista da Championship. Além disso, as autoridades deverão ficar de olho no dérbi que possui vasto histórico de hooliganismo, com episódios inclusive nos encontros mais recentes.

Estrela Vermelha x Partizan
Sábado, 15h

Aquele que é considerado por muitos o maior clássico do planeta. O Dérbi Eterno está longe de ser o mais antigo, disputado desde 1947. Porém, com certeza é um dos mais tensos, com torcidas marcadas pelo histórico de violência e envolvidas até mesmo com milícias paramilitares durante a Guerra da Bósnia. Esperar por embates no entorno do estádio é o natural e, não à toa, o aparato de segurança sempre costuma ser muito grande. Talvez uma maneira dos torcedores do Estrela Vermelha extravasarem a insatisfação com os resultados do time. Ainda que levem vantagem no histórico (59 triunfos a 42) e tenham vencido quatro dos últimos cinco jogos, os Delije vivem uma seca atípica, diante dos seis títulos nacionais seguidos do Partizan. E, se nada for feito neste sábado, os Grobari parecem dar um passo importante ao sétimo, podendo abrir até sete pontos em relação aos rivais.

Panathinaikos x Olympiacos
Sábado, 15h30 (ESPN+, Watch ESPN e Terra)

pana
O Dérbi dos Eternos Inimigos não se contém ao futebol, fortíssimo em outros esportes como o basquete. Ainda assim, é em campo que sua amplitude é maior. Uma história que remete à década de 1920, quando o choque social construiu o clássico: o Panathinaikos representava as elites de Atenas, enquanto o Olympiacos era o símbolo dos trabalhadores de Pireu. Hoje, os papéis se inverteram. Quem nada em dinheiro é a Thrylos, enquanto o Trifylli passa por uma grave crise financeira – como boa parte do país. Algo que se reflete na tabela, com o Olympiacos líder isolado e o Panathinaikos apenas na quarta colocação. Já no histórico, os atenienses também levam a pior, com 75 triunfos a 46 para o time de Pireu. E as atenções sobre a segurança também são grandes, ainda mais do embate nas arquibancadas que cancelou o jogo já no final em março de 2012.

Emelec x Barcelona
Domingo, 19h30

O grande clássico do Equador não é disputado em Quito, mas sim em Guayaquil. Emelec e Barcelona medem forças há 70 anos, quando a dupla se cruzou por um torneio local. Desde então, são 265 partidas, com vantagem de 93 vitórias a 79 para o Barcelona. Além disso, os dois clubes somam 14 títulos nacionais, embora o histórico de glórias também conte com algumas brigas entre torcedores e tragédias nos últimos anos. Neste domingo, o Clássico Astillero conta com uma inversão de posições: atual campeão equatoriano, o Barcelona aparece apenas em sexto e tenta atrapalhar a liderança isolada do Emelec na liga.

Bolívar x The Strongest
Domingo, 18h

O maior clássico de La Paz – e um dos maiores da América do Sul – vale a liderança do Campeonato Boliviano. O Bolívar lidera com dois pontos de vantagem sobre o Strongest e pode embalar rumo ao título com uma vitória. O dérbi é disputado desde 1927, mas passou a ficar mais acirrado a partir da década de 1960, com a ascensão do Bolívar no cenário nacional. São 259 confrontos entre os inimigos, com 110 triunfos da Academia contra 63 do Tigre. Neste caso, ninguém pode reclamar da altitude, ainda mais em um encontro de tanta intensidade.

O cara

Mario Mandzukic
Hoffenheim x Bayern de Munique
Sábado, 12h30 (ESPN e Watch ESPN)

O mínimo que se espera desse jogo são gols. O Hoffenheim surpreende por ser dono do melhor ataque da Bundesliga, ao lado do Borussia Dortmund. O problema é que a defesa concede tantos gols que não deixa o time ascender, tão vazada quanto o lanterna Eintracht Braunschweig. Bom para o líder Bayern de Munique, que sabe como estufar as redes, mas também consegue se defender muito bem. É a chance para Mario Mandzukic tentar se isolar na artilharia da competição. O croata soma sete tentos, dois deles anotados na ótima atuação contra o Hertha Berlim, no último final de semana. Do outro lado, o candidato ao posto de goleador é o brasileiro Roberto Firmino, que também tem sete gols na liga.

O brasileiro

Lucas Piazon
Ajax x Vitesse
Sábado, 15h45 (Watch ESPN)

Piazón finaliza para marcar o gol decisivo contra o NEC (Foto: Site oficial do Vitesse)

O Campeonato Holandês está sensacional nesta temporada. Três pontos separam todos os times da metade superior da tabela, com 11 rodadas disputadas. E um dos jogos que podem bagunçar a tabela é Ajax e Vitesse, segundo e sexto colocado, distanciados por apenas um ponto. Quem pode ser decisivo em Amsterdã é Lucas Piazon, novo xodó da torcida do Vitesse. O brasileiro já decidiu clássico e é um dos jogadores de ataque mais produtivos da Eredivisie. São cinco gols e quatro assistências do garoto emprestado pelo Chelsea em nove partidas. Uma boa atuação contra os Godenzonen pode ser uma excelente vitrine.

Passe longe

Tromso x Stromsgodset
Domingo, 15h

Você está de olho no Campeonato Norueguês? Ok, nós compreendemos. O Fiordezão chega a sua penúltima rodada neste final de semana, podendo já definir o campeão. O favorito é o Stromsgodset, três pontos à frente do Rosenborg. O problema é o adversário que os líderes terão: o Tromso, time mais ao norte do planeta em uma primeira divisão nacional. Não que o frio seja problema, mas até para os noruegueses encarar a viagem é problema. Se vencer e o Rosenborg tropeçar, o Stromsgodset levantará seu segundo título nacional, após hiato de 43 anos. Ainda assim, não vale perder seu tempo com streaming, não é mesmo?