Pierre Van Hooijdonk acertou seu retorno para o Feyenoord nesta segunda. O atacante assinou contrato de um ano e meio com o clube de Roterdã, após uma passagem pelo NAC Breda.

“O Feyenoord se orgulha pela volta de Pierre. Ele é um atacante excepcional. Com a presença física dele, são necessários dois zagueiros para acompanhá-lo”, comentou Erwin Koeman, treinador do Feyenoord, em entrevista ao site oficial do clube.

Van Hooijdonk falou sobre a volta ao clube, após defendê-lo entre os anos de 2001 e 2003. Ele foi o grande herói da conquista da Copa Uefa em 2002, quando marcou dois gols na vitória por 3 a 2 sobre o Borussia Dortmund. “Da última vez que encontrei Koeman, disse a ele que daria um título para o Feyenoord. Aquele desejo ainda está vivo”, disse.

De acordo com a imprensa holandesa, o jogador vinha tendo problemas de relacionamento com alguns companheiros no NAC Breda. Nesta temporada, Van Hooijdonk marcou quatro gols. O atacante foi convocado 46 vezes para defender a seleção holandesa.