Rafael Van der Vaart, aos 34 anos, deixou o Bétis para jogar no Midtjylland, da Dinamarca, no meio do ano passado, e não ficou muito feliz com sua primeira temporada no país nórdico. Atuou 18 vezes, dez como titular, com dois gols marcados. Em 2017, foram apenas cinco jogos, todos saindo do banco de reservas. O holandês está encontrando dificuldades para se motivar diante do público pequeno do futebol dinamarquês.

LEIA MAIS: O mundo virou Football Manager? Van der Vaart vai jogar no Midtjylland, da Dinamarca

A média de espectadores da primeira divisão do Campeonato Dinamarquês foi de 5.799 pessoas por partida, segundo dados do Transfermarkt. O Midtjylland teve a quarta maior, levando 7.448 almas com frio para cada um de seus jogos como mandante. “É realmente terrível”, afirmou, segundo o site holandês Telesport. “Às vezes, você joga em estádios com 800 espectadores sentados. Para mim, parece que não gostam de futebol por aqui. Claro que você sente falta dos estádios onde jogou. Então, às vezes é difícil manter a motivação”.

O ex-jogador de Ajax, Hamburgo, Real Madrid e Tottenham foi criticado pelo técnico do Midtjylland, Jess Thorup, por não ter comemorado com os companheiros a vitória sobre o Randers, por 3 a 0, que valeu vaga na próxima Liga Europa. Van der Vaart foi direto para os vestiários quando a partida acabou. “Isso claramente não é o que queremos. Mas temos que aceitar que as estrelas reagem de formas diferentes. Mas eu não aceito. Vou falar com ele. Todos devem fazer parte da nossa vitória. Dentro do nosso clube, ninguém é maior que a equipe. Eu esperava que ele fosse comemora com os outros jogadores, mas não o fez”, afirmou à TV3+.

A vitória sobre o Randers foi alcançada na decisão dos playoffs da Liga Europa, no começo do mês, e valeu vaga na competição europeia. Na fase final do Dinamarquês, o Midtjylland foi quarto colocado. “Eu nunca comemoro um quarto lugar e não planejava fazer isso desta vez”, respondeu Van der Vaart. “Enquanto me pagarem, eu fico por aqui. Ainda tenho um ano de contrato”, encerrou.