O amarelo é uma cor bastante presente no escudo do Manchester United, mas raramente ganha seu espaço nas camisas do clube. Na temporada 2020/21, buscando destacar o DNA da instituição, a Adidas o implementou ao padrão gráfico da peça, em traços horizontais que vêm também em cores pretas.

Em seu material de divulgação, a Adidas destaca que a busca pelo “DNA do Manchester United” tem sido um foco de Ole Gunnar Solskjaer, discípulo de Alex Ferguson e que voltou agora como técnico para tentar dar uma nova direção a um clube gigante que parecia vagar sem destino. A nova camisa, então, buscaria incorporar este DNA.

O resultado que vemos é uma peça que, por ora, divide opiniões, mas com potencial para ganhar o coração da torcida. O que os jogadores farão enquanto a vestem em campo certamente terá um papel fundamental nisso.

A primeira busca por glória com a nova camisa começa nesta quarta-feira (5), quando o Manchester United recebe o LASK, pela partida de volta das oitavas de final da Liga Europa (o jogo de ida foi 5 a 0 para os ingleses, fora de casa). Dali em diante, a competição terá um tiro curto para definir o campeão. As quartas de final começam em 10 de agosto, e a final está marcada para o dia 21.