O Benfica fez uma exibição de gala neste domingo e aplicou um sonoro 10 a 0 no Nacional, pelo Campeonato Português. Os encarnados contaram com grande exibição de Pizzi, com quatro assistências (ou três, já que em um dos lances a bola desviou no adversário), além de mais uma atuação destacada de João Félix, jovem talento, de 19 anos, que vem chamando a atenção no ataque da equipe. Com o resultado, o Benfica também encurtou a diferença para o líder Porto, que agora é de apenas um ponto.

LEIA TAMBÉM: Cristiano Ronaldo foi decisivo mais uma vez para a Juventus contra o Sassuolo

 

No primeiro tempo, o placar foi “só” de 3 a 0. Alex Grimaldo abriu o placar e Haris Seferovic, com dois gols, foram os primeiros a balançar as redes. Os outros gols vieram todos no segundo tempo e começaram aos cinco minutos, em um cruzamento de Pizzi para João Félix. Foi o próprio Pizzi, em pênalti sofrido por ele mesmo, que aumentou a conta para 5 a 0; Ferro marcou o sexto; Rúben Dias o sétimo; Jonas o oitavo; Rafa o nono; por fim, Jonas marcou o décimo.

Foi uma noite que tudo pareceu dar certo para o time no Estádio da Luz. Dos primeiros segundos do jogo até os últimos, os torcedores comemoraram gols e mais gols em profusão, em uma festa que raramente acontece em um jogo oficial, valendo três pontos. Os jogadores do Nacional sentiam cada gol como um golpe fundo. Os jogadores, desanimados, ficavam cada vez mais frágeis em campo e os gols do Benfica saíram com mais facilidade.

Os jogadores do Nacional deixaram o gramado aos prantos. Compreensivamente. Sentem a dor de tomar uma goleada de tal tamanho, algo que marca a história. Aos benfiquistas, restou comemorar. O time segue na disputa pelo título. Com 50 pontos, o time está a um do Porto, que tem 51. Na próxima rodada, o Porto recebe o Vitória de Setúbal. O Benfica, por sua vez, visita o Aves.


Os comentários estão desativados.