Um dos principais candidatos ao prêmio de revelação da temporada no Campeonato Espanhol, na verdade, não é tão desconhecido assim do público. Quando estourou no futebol norueguês, aos 16 anos, Martin Odegaard era apontado como concorrente à Bola de Ouro no futuro. Em contrapartida, bastou ficar estagnado no Real Madrid para muitos chamarem o adolescente de promessa perdida. Aos 20 anos, o meia recupera o prestígio e vive um ótimo início de temporada na Real Sociedad. O camisa 21 foi eleito o melhor jogador do clube no mês de agosto e, nessa quinta, deu uma assistência exuberante para abrir a vitória por 3 a 0 sobre o Alavés. Lidera a equipe que, agora, ocupa a vice-liderança de La Liga.

Diante da falta de brilho no Real Madrid Castilla, Odegaard tentou reconstruir sua fama no Campeonato Holandês. Teve uma passagem razoável pelo Heerenveen, até realmente brilhar com o Vitesse na temporada passada. O norueguês foi um dos melhores do time na Eredivisie ao contribuir com gols e assistências. Ainda vinculado ao Real Madrid, ganhou uma nova chance na Espanha ao acertar seu empréstimo com a Real Sociedad na última janela de transferências. E o início da promessa no Estádio Anoeta sai melhor do que a encomenda.

Odegaard está entre os jogadores que mais criam chances de gol no Campeonato Espanhol. A cada partida, 3,5 passes do norueguês terminam em finalizações dos companheiros – segunda melhor média da liga. E, embora nenhum desses lances tivesse se transformado em assistência ainda, o primeiro passe decisivo da campanha foi belíssimo. Contribuiu para que a contagem fosse inaugurada contra o Alavés, em mais uma boa atuação do jovem.

Aos 19 minutos, Odegaard deu uma caneta no marcador e disparou uma tacada de sinuca. A bola atravessou a defesa adversária e encontrou Mikel Oyarzabal livre dentro da área. Diante do goleiro, o atacante não teve trabalho para balançar as redes. Ao longo da partida, o norueguês serviu nove dos 21 chutes dos bascos. Oyarzabal deu o passe para Willian José anotar o segundo e o próprio espanhol marcou o terceiro, cobrando pênalti ainda no primeiro tempo. Já na etapa final, o goleiro Fernando Pacheco evitou o quarto da Real ao defender um penal de Portu.

Antes do jogo desta quinta-feira, Odegaard já tinha anotado dois gols pelo Campeonato Espanhol. Determinou a vitória por 1 a 0 sobre o Mallorca na segunda rodada e também brilhou nos 2 a 0 sobre o Atlético de Madrid, em Anoeta. O norueguês é o terceiro jogador da Liga com mais dribles efetuados. Além disso, conforme o site WhoScored, que avalia os atletas através de suas estatísticas, o jovem possui o segundo melhor desempenho da competição até o momento, atrás apenas de Karim Benzema. Não é pouco.

Sob o embalo de Odegaard, a Real Sociedad cria esperanças de uma boa campanha. A equipe só sofreu uma derrota até o momento, no clássico contra o Athletic Bilbao, mas já superou os rivais na tabela. São 13 pontos aos txuri-urdin, que valem a segunda colocação, com um ponto a menos que o líder Real Madrid. O compromisso do final de semana oferecerá outro bom teste ao jovem e aos bascos: visitam o Sevilla, no Ramón Sánchez-Pizjuán. Quem sabe, para firmar as expectativas de um retorno às copas europeias.

Classificações Sofascore Resultados