Parecia uma vitória fácil ao Real Madrid. Logo nos primeiros minutos, os merengues abriram dois gols de vantagem no Estádio Nuevo Los Cármenes e jogavam com segurança. No entanto, o Granada já tinha dado diversas provas de sua qualidade nesta temporada e fez os visitantes passarem um sufoco tremendo na Andaluzia, especialmente no segundo tempo. Lutando por uma vaga na Liga Europa, os rojiblancos descontaram e pressionaram bastante. A defesa madridista, por fim, segurou na unha o sofrido triunfo por 2 a 1. Um resultado que aproxima ainda mais o Real da taça de La Liga.

Zinedine Zidane contou com a volta de sua defesa titular, com as presenças de Sergio Ramos e Dani Carvajal. Do meio para frente, o comandante optou por uma formação repleta de armadores. Casemiro, Federico Valverde e Toni Kroos compunham a trinca mais recuada, com Luka Modric e Isco na aproximação, além de Karim Benzema como homem de referência. A escalação permitiu um trato melhor nas trocas de passes e a vantagem pintou cedo no Estádio Nuevo Los Cármenes.

Dominando desde o princípio, o Real Madrid abriu o placar aos dez minutos. Casemiro se projetou pelo meio e tocou com Ferland Mendy. O lateral fez uma excelente jogada ao cortar a marcação e, na linha de fundo, mesmo com pouco ângulo, acertar um canhotaço na bola. O petardo passou por cima do goleiro Rui Silva e entrou na gaveta. Um lindo gol para ressaltar o ótimo momento do francês. Seis minutos depois, veio o segundo tento. Isco deu um passe de calcanhar soberbo, que livrou o contragolpe de três defensores. Modric abriu com Benzema e o atacante fez o serviço pela esquerda: fintou para dentro e bateu cruzado.

O Real Madrid não criava chances de gol com tanta frequência, mas controlava o jogo com muita qualidade. Além disso, Benzema realizava um ótimo trabalho na frente, com liberdade para se movimentar e aparecer por todos os lados. Os merengues atuavam com facilidade, sem que o Granada incomodasse. A parada para hidratação, ao menos, ajudou os andaluzes a se encontrarem na partida e eles avançaram em campo. Domingos Duarte quase descontou, em cabeçada que Thibaut Courtois salvou. No entanto, os madridistas voltariam a apertar no final e Rui Silva evitaria o segundo de Benzema.

Logo no início do segundo tempo, o Granada deixou o Real Madrid bem mais preocupado, ao descontar a diferença no placar. Aos quatro minutos, a partir de uma bola perdida por Casemiro no meio-campo, os andaluzes criaram o contragolpe. Yangel Herrera partiu com o ataque aberto e passou a Darwin Machís, que chutou por baixo de Courtois. Os rojiblancos seguiram em ritmo alto depois do tento e exploravam principalmente os lados do campo. Machís queria jogo e atormentava a zaga. Diante da pressão, Zidane mexeu no time aos 18. Rodrygo e Marco Asensio entraram, para as saídas de Isco e Valverde.

As alterações até fizeram algum efeito ao Real Madrid, mas logo o Granada voltaria a crescer e levaria os oponentes a suarem frio. Foi então que os merengues precisaram mostrar sua solidez defensiva, que tanto contribui nesta edição de La Liga. Os dez minutos finais tiveram constantes riscos aos visitantes. Aos 35, a bola pipocou na área madridista e nenhum rojiblanco completou. Courtois precisaria realizar outra excelente defesa aos 39, buscando no cantinho o arremate de Antoñin. Logo na sequência, Ramón Azeez concluiu o cruzamento e Sergio Ramos tirou quase em cima da linha. Gil Dias ainda cabeçaria para fora aos 41. Depois disso, o Real conseguiu esfriar a partida e assegurou o triunfo, sem que os andaluzes passassem de bolas alçadas no desespero.

O Real Madrid chega à nona vitória em nove partidas desde o recomeço de La Liga. Sustenta a vantagem de quatro pontos sobre o Barcelona, apesar da recuperação dos rivais. O título pode vir na próxima quinta-feira, quando os merengues recebem o Villarreal no Estádio Alfredo Di Stéfano e os blaugranas encaram o Osasuna no Camp Nou. Já o Granada, com 50 pontos, precisa de uma combinação de resultados difícil para sair com a vaga à Liga Europa. Está quatro pontos abaixo da zona de classificação, na décima posição.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore