Falar sobre o espetáculo que as torcidas de Wydad Casablanca e Raja Casablanca realizam nas arquibancadas já virou lugar comum. São incontáveis as cenas fantásticas protagonizadas pelos torcedores marroquinos, ainda mais durante os clássicos. No entanto, os alvirrubros do Wydad conseguiram se superar neste final de semana. As duas equipes se encararam no sábado, pelas oitavas de final da Copa Árabe de Clubes Campeões. Entre as diferentes coreografias dos ultras, a mais impressionante trouxe a imagem de um dragão que “voou” no estádio e “incendiou” as tribunas.

Antes que a bola rolasse, as duas torcidas fizeram mosaicos duplos em seus respectivos setores. O show também contou com bandeiras, cachecóis e a imagem enorme de um jogador alvirrubro. Mas nada comparado com o imponente dragão, surgido no início do segundo tempo. Enquanto o desenho do animal lendário com fogo nas ventas percorria a curva, os sinalizadores se acendiam progressivamente no paredão luminoso. Das cenas mais fantásticas já criadas por uma torcida de futebol.

Dentro de campo, a situação segue aberta. Wydad e Raja empataram por 1 a 1, gols de Ismail El Haddad para os alvirrubros e Fabrice Ngoma para os alviverdes. A volta das oitavas de final acontecerá em 23 de novembro, no próprio Estádio Mohamed V. É de se esperar que a torcida do Raja dê uma resposta aos rivais e faça uma competição particular nas arquibancadas. Grande oportunidade para mais um espetáculo.