Jonathan Ikoné deve ser a próxima grande venda do Lille no mercado de transferências. O atacante de 21 anos se destacou na ótima campanha dos Dogues na Ligue 1 2018/19 e acumula aparições pela seleção principal da França nas últimas Datas Fifa. Já nesta quarta, o garoto deixou o seu cartão de visitas na Champions League. Anotou seu primeiro gol no torneio, e logo para deixar uma marca profunda: após um domínio espetacular, soltou um míssil, que garantiu o empate por 1 a 1 contra o Valencia aos 50 do segundo tempo.

O Valencia até anotou o primeiro gol na França, aos 18 da etapa final, em passe de Kevin Gameiro para Denis Cheryshev guardar. Foi praticamente a única jogada ofensiva dos valencianos ao longo da partida. No entanto, Mouctar Diakhaby recebeu dois amarelos em pouquíssimo tempo e deixou os espanhóis com um a menos na reta final. Muito mais agressivo ao longo da noite, o Lille encontrou o caminho ao empate na pressão derradeira. Ikoné, que saíra do banco, resolveu no quinto minuto dos acréscimos.

O camisa 10 recebeu na área e fez um movimento fabuloso logo no domínio. Para limpar a marcação, o atacante controlou a bola com um toque de letra, girando para cima do adversário. Ficou com o caminho livre e, então, acertou a bola com toda a sua força. Mandou um petardo rumo às redes. Jasper Cillessen mal teve tempo de ver a cor da bola.

O resultado mais atrapalha o Valencia que ajuda o Lille no Grupo H da Champions. Os espanhóis estão na terceira colocação, com quatro pontos, dois a menos que Chelsea e Ajax. Já os franceses correm contra o tempo e somam seu primeiro pontinho, na lanterna da chave.

Classificações Sofascore Resultados