A decisão da Copa das Confederações de 2005 está entre as atuações mais célebres da seleção brasileira nas últimas décadas. O Brasil dominou a Argentina na goleada por 4 a 1 e criou uma expectativa que esteve longe de se cumprir na Copa do Mundo. Ainda assim, era natural se iludir com a fantástica linha de frente formada por Ronaldinho, Kaká e Adriano – todos no aguardo de Ronaldo, poupado ao torneio. Porém, a história seria bastante diferente um ano depois, entre a queda de desempenho e a bagunça que também marcou aquele time.

Neste domingo, o Brasil 4×1 Argentina é a atração principal na tarde da TV Globo. E, para relembrar aquela partida, vale assistir também algo que costumava repercutir bastante na época (em tempos de vídeos compartilhados por e-mail e enorme preponderância dos programas esportivos na televisão): as narrações dos gols feitas por um locutor argentino. A desolação é natural no relato de Sebastián Vignolo, que se anima um pouco somente quando a Albiceleste desconta no segundo tempo. Além disso, um vídeo extra, com a repercussão da imprensa local – incluindo a corneta de Marcelo Tinelli, atual presidente do San Lorenzo e da Superliga Argentina.