A Uefa garantiu que o jogo entre Barcelona e Napoli será realizado no Camp Nou, conforme estava previsto no calendário. O jogo está marcado para o dia 8 de agosto, mas surgiu a informação nesta quinta-feira que a partida poderia ser transferida para Portugal, onde será a fase final, porque a situação da cidade de Barcelona e da Catalunha voltou a piorar em relação à pandemia do coronavírus nos últimos dias.

Segundo informado pelo site O Jogo, a Uefa pediu que o Departamento de Saúde da Catalunha providencie garantias sanitárias adequadas para a realização da partida. Se especulou que o jogo poderia ser retirado da cidade, ainda mais com o presidente do Napoli, Aurelio Di Laurentiis, reforçando o discurso que o duelo deveria mesmo acontecer em Portugal.

“A partida contra o Barcelona sempre será uma grande partida. Neste verão [na pré-temporada de 2019/20] nós jogamos duas, depois jogamos uma terceira no jogo de ida das oitavas de final da Champions League. Agora, jogaremos uma quarta”, disse o dirigente à Sky Sports Italia.

“Nós ouvimos dúvidas e medo vindo da Espanha. A Uefa está indiferente, não há um que saiba como resolver as coisas. Se eles decidiram que a Champions League seria jogada em Portugal e a Liga Europa na Alemanha, eu acho que nós deveríamos jogar a partida de volta em Portugal ou na Alemanha”, declarou De Laurentiis. “Eu não entendo por que deveríamos ficar em uma cidade que tem grandes problemas”.

O dirigente, claro, é suspeito por falar isso porque jogar a segunda partida em Portugal significaria que o Napoli jogou em casa e o Barcelona não poderia fazer o mesmo. Até por isso a ideia da Uefa era manter os jogos nos estádios inicialmente marcados.

“Nós estamos monitorando a situação e nós estamos em contado com as autoridades locais competentes”, diz comunicado divulgado pela Uefa. “O jogo está marcado para Barcelona, como planejado”.

A conselheira de saúde da Generalidade da Catalunha, Alba Vergés, reforçou um comunicado feito pelo Barcelona, que consultou as autoridades sanitárias da região para informar à Uefa que não haveria perigo. “Pudemos fazer o informe e é uma partida de futebol com portões fechados e que pode ser feita com toda segurança”, afirmou aos jornalistas, segundo relatado pelo Mundo Deportivo.

O jogo está marcado para acontecer no dia 8 de agosto, às 16h (horário de Brasília). O primeiro jogo entre os dois times, em Nápoles, acabou 1 a 1. Empate por 0 a 0 dá a classificação ao Barcelona pelo gol fora de casa. Empate por 1 a 1 leva a disputa à prorrogação e, mantido o placar, pênaltis. Quem vencer leva a vaga.

A partir das quartas de final, os jogos serão disputados em Portugal em partida única, a partir do dia 10 de agosto. A final será no dia 23 de agosto, um domingo.