Tuchel indica que Areola será titular e Buffon fica no banco do PSG


	Champions League

A transferência de Gianluigi Buffon para o Paris Saint-Germain foi de certa forma surpreendente, mas era quase certo que isso significava uma nova chance de tentar o título da Champions League. Só que talvez tenha aparecido um novo obstáculo: talvez o goleiro italiano seja reserva. O técnico Thomas Tuchel declarou que Alphonse Areola, goleiro de 25 anos que é também da seleção francesa, está na “pole position” para ser o titular do PSG na temporada, o que deixaria Buffon no banco.

LEIA TAMBÉM: Real Madrid é clube mais representado entre 55 indicados ao time do ano da Fifa; espanhóis lideram

“Gigi não é apenas um jogador que está no banco, ele tem uma grande influência no time diariamente”, afirmou o técnico em entrevista à RMC Sport 1. “Ele jogou de forma brilhante em Guingamp, ele nos salvou no primeiro tempo quando estava 1 a 0. Gigi estava no banco porque Alphonse precisa jogar, e Gigi estaria no seu direito de apenas cruzar os braços no banco e assistir aos jogos”, continuou o alemão.

“Isso seria negativo, mas ele não pode ficar parado. Ele fica de pé, ele fica na frente, fica frenético. Ele está lá, está presente, ele comunica com os jogadores. Ele está em contato com eles e ele tenta me ajudar com o momento certo”, explicou ainda o treinador. “Esses pequenos detalhes te deixam entender por que ele está no topo, por que ele tem uma grande carreira”.

“A decisão não é final, mas eu disse a Alphonse Areola que na minha opinião, ele está na pole position para ser o titular no seu clube de coração”, disse Tuchel sobre o goleiro, que vem das categorias de base do clube parisiense. “Alphonse veio das categorias de base, PSG é a sua vida, significa tudo para ele”.

“Ele absolutamente quer mostrar o que ele pode fazer e provar a si mesmo no PSG, é uma situação que deve ser respeitada e algo que temos que capitalizar, porque nós deveríamos estar orgulhosos de ter jogadores assim. Eles são o coração e a alma do PSG”, afirmou ainda Tuchel. “Nós temos uma situação um pouco diferente com Gigi Buffon, que é uma lenda, um dos ídolos de Alphonse e eles dois são jogadores com personalidades muito marcantes”.

“Nós teremos que refinar as coisas, mas nós somos espertos e generosos com os dois e eu tenho certeza que seremos recompensados. Eu tenho certeza que Alphonse será bom não apesar de Gigi, mas por causa dele”, explicou o treinador.

Rabiot sai do PSG em breve?

O meio-campista Adrien Rabiot tem contrato até o fim da temporada e ainda não quis renovar com o PSG. Se especulou a transferência dele para outros clubes, como o Barcelona, mas ele acabou ficando no clube. Há rumores que a Juventus quer a sua contratação na próxima janela de transferências, em janeiro.

“Eu realmente gosto de Adrien, eu realmente gosto dele. Há uma situação difícil com a Copa do Mundo, que ele escolheu ficar fora, mas ele mostrou uma mentalidade incrível desde o primeiro dia no treinamento. Ele nunca perdeu uma única sessão de treinamento, nem um exercício. Nós realmente podemos confiar nele, ele está em grande forma fisicamente e no momento ele é crucial para o nosso jogo”, explicou o treinador.

“Ele tem um tremendo potencial e o mesmo vale para Alphonse: ele veio das categorias de base, eu acho que é importante ter jogadores assim. Eu gosto de trabalhar com ele, mas eu não tenho influência no resto”, disse ainda o treinador do clube de Paris.

Tuchel é um técnico conhecido por ter personalidade forte e não ter medo de tomar decisões difíceis, mesmo que isso signifique estrelas do time ou mesmo dirigentes – como, aliás, enfrentou os dirigentes do Borussia Dortmund e, por isso, desgastou sua relação, o que levou à sua demissão.


Os comentários estão desativados.