Diego Tristán e Lionel Scaloni rescindiram seus contratos com o La Coruña. Os dois não faziam parte dos planos do treinador Joaquín Caparrós para esta temporada. como também não conseguiram se transferir para um outro clube, eles ficam sem ter onde jogar, pelo menos por enquanto.

“Nem Scaloni nem eu merecíamos este tipo de tratamento, porque demos muito para o clube. Agora estamos sem time para jogar. Vamos levar este assunto para a associação de jogadores”, desabafou Tristán, em entrevista publicada nesta sexta no diário Marca.

O atacante, de 30 anos, chegou à equipe galega em 2000, contratado do Mallorca. Ele foi convocado 15 vezes para defender a seleção espanhola. Scaloni, de 28 anos, estava no La Coruña desde 98. O meia defendeu a seleção argentina na última Copa e atuou por empréstimo no West Ham no primeiro semestre. Ele ainda esperava ser negociado com o Racing Santander antes do fechamento do mercado de transferências, nesta quinta, mas não houve acordo.