O Dínamo Zagreb tinha chances de se classificar às oitavas de final da Champions League. Precisava vencer o Manchester City cheio de reservas, em casa, e torcer por um tropeço do Shakhtar Donetsk. E chegou a abrir o placar, com um belo gol de Dani Olmo, mas Gabriel Jesus marcou três vezes e sepultou os sonhos dos croatas, que acabaram perdendo por 4 a 1.

Durou pouco, mas o Dínamo Zagreb conseguiu dominar os primeiros minutos da partida e, logo aos 10 minutos, deu esperança para os seus torcedores, quando Damian Kadzior cruzou fechado da direita, e Dani Olmo, dentro da área, emendou de primeira um lindo chute para abrir o placar aos donos da casa.

No entanto, o City passou a imprimir o seu ritmo tradicional e terminaria o primeiro tempo com 78% de posse de bola. E com o placar empatado. Aos 34 minutos, os ingleses roubaram a bola no campo de ataque e a levaram até Mahrez, na ponta direita. O cruzamento foi perfeito para Gabriel Jesus ganhar pelo alto e cabecear às redes.

Assim que o jogo foi retomado, o Manchester City matou a partida com mais dois gols do atacante brasileiro. Depois de uma ótima troca de passes, Jesus entrou na área pela esquerda e deu um corte que deixou Emir Dilaver com o bumbum no chão. Bastou finalizar. Quatro minutos depois, Mendy cruzou, Dominik Livakovic saiu mal do gol, e Jesus apenas completou.

Deu tempo de Phil Foden marcar o quarto, aos 39 minutos. O que aumentou a frustração foi que a Atalanta acabou vencendo o Shakhtar Donetsk por 3 a 0, fora de casa, e bastaria ao Dínamo Zagreb ganhar para passar às oitavas. Mas, contra o City, mesmo em temporada oscilante e com reservas, isso é sempre muito difícil.

.

.

Classificações Sofascore Resultados

.