O Tribunal Administrativo Regional da região da Lazio acatou o recurso impetrado pelo Messina para poder continuar na Série A italiana. A sentença foi divulgada nesta terça-feira. Torino, Perugia, Salernitana e Benevento tiveram seus recursos rejeitados, e não participariam do campeonato italiano, se este começasse hoje. O Napoli, que não corre risco de rebaixamento mas tinha entrado com cinco recursos contra outros clubes, teve todos seus pedidos negados.

No caso do Torino e do Perugia, os recursos indeferidos solicitavam as inscrições dos clubes nos campeonatos das respectivas divisões (A e B). Também foram recusados os pedidos da Salernitana (Série B) e Benevento (Série C1). A decisão de acatar o recurso do Messina faz com que o clube, teoricamente, esteja salvo de um rebaixamento que parecia certo. Agora, somente o Torino corre riscos. Ainda restam mais duas instâncias para apelação.

O insucesso das ações do Napoli foi revelado por um advogado do clube à agência italiana ANSA. Ascoli, Vicenza, Pescara, Brescia e Arezzo se livraram das acusações do clube ‘biancoceleste’, que exigiam a punição dos mesmos por razões financeiras variadas, que iam desde não pagamento de impostos até insolvência.

Apesar da negativa do TAR, os advogados napolitanos já anunciaram que o clube vai recorrer da decisão e pretende manter as ações até a última instância do país, o Conselho de Estado.