É verdade que o Estrela Vermelha, ainda mais longe do Marakana, não representa o desafio mais difícil da Europa. Mas, também, nem Newcastle, Colchester United, Brighton e Watford, outros times que tiraram pontos do Tottenham, ou o eliminaram, neste começo de temporada. Conseguir golear os sérvios por 5 a 0 é, portanto, relevante, principalmente pelo alto nível de desempenho que os homens de Mauricio Pochettino conseguiram alcançar.

Foi o melhor jogo do Tottenham nesta temporada e há um bom tempo porque, mesmo quando chegou à final da Champions League na anterior, o time se arrastou ao quarto lugar na Premier League e precisou daquele épico de Lucas Moura para despachar o Ajax. O que impressionou mais diante do Estrela Vermelha foi a alta produção ofensiva de um time que vinha sofrendo com falta de inspiração.

Para começar, um dado: o Tottenham não fazia cinco gols na mesma partida desde que goleou o Tranmere Rovers, por 7 a 0, em janeiro do ano passado. Contra times mais razoáveis, foi o 5 a 0 no Bournemouth, em dezembro. Foram 19 finalizações, 12 certas, o que significa que, além dos tentos, o goleiro Milan Borjan precisou realizar sete defesas e houve um ritmo intenso do começo ao fim da partida, outra característica importante do time de Pochettino que vinha faltando.

E teve Harry Kane fazendo um grande jogo. Ele abriu o placar, com uma cabeçada no primeiro pau em cobrança de escanteio, e teve outra grande oportunidade chutando cruzado, logo em seguida. Borjan precisou trabalhar bem para defender um chute de fora da área do Tottenham e a batida à queima-roupa de Lamela, de dentro da área, antes de Son aparecer na segunda trave para completar a segunda assistência de Lamela na partida.

Antes do intervalo, N’Dombélé bateu a carteira do Estrela Vermelha no meio-campo, arrancou e rolou para o sul-coreano ampliar. Lamela fez o gol que já merecia, aos 12 minutos do segundo tempo. Aurier arrancou pela direita, cortou para dentro e rolou para o argentino. Na marca do pênalti, ele dominou, girou e encheu o pé esquerdo. Lançado por N’Dombélé, Kane fez o quinto, com um chute colocado.

O Tottenham tropeçou nove vezes nos 12 primeiros jogos da temporada e vinha da goleada para o Bayern de Munique, uma derrota pesada para o Brighton e um empate em casa contra o Watford, três péssimos resultados. Ainda é cedo para saber se este jogo contra o Estrela Vermelha representará uma virada de sorte, mas com certeza coloca o Spurs em segundo lugar no grupo e ainda minimiza os danos no saldo de gols causados pelo 7 a 2 contra os alemães.

.

.

Classificações Sofascore Resultados