Se os torcedores do Tottenham pudessem escolher um dos jogadores para anotar o primeiro gol do seu novo estádio, em partidas de verdade, provavelmente mencionariam Harry Kane. Em um próximo segundo lugar, apareceria Son Heung-Min, justamente o responsável por abrir o placar da inauguração oficial, nesta quarta-feira, com vitória por 2 a 0 sobre o Crystal Palace. 

Depois de inúmeros atrasos, o Tottenham abriu as portas do seu novo estádio no final de março, com uma partida entre equipes sub-18. Houve outro teste antes da abertura de fato, e os donos da casa voltaram a vencer pela Premier League, após um empate e quatro derrotas nas últimas cinco rodadas.

Com direito a fogos de artifícios, o Tottenham assumiu o controle da partida desde o início, contra um Crystal Palace que tem o hábito de jogar bem fora de casa. Tanto que o primeiro gol do estádio quase foi marcado por Jeffrey Schlupp, que desperdiçou boa chance, enquanto os Spurs tentavam lidar com os nervos.

O alívio saiu aos 10 minutos do segundo tempo. Eriksen achou um bonito passe para Son, pela direita. O sul-coreano dominou e cortou para o meio. Bateu de peran esquerda e contou com um sortudo desvio em Milivojevic para fazer 1 a 0. Depois de uma arrancada de Kane pela esquerda, Eriksen pegou o rebote e garantiu os três pontos.

Pontos importantíssimos para o Tottenham. Não adianta estrear um novo e moderno estádio e ao mesmo tempo perder as rendas da Champions League, que os Spurs disputaram nas últimas três temporadas. Com a vitória, o time chegou a 64 pontos, em terceiro lugar, um a mais que o Arsenal, que tem um jogo a menos, e o Chelsea. O Manchester United, sexto, está com 61.

.