Depois de semanas onde todas as notícias foram muito ruins, a torcida ‘granata’ teve um pequeno alento nesta quinta-feira. Uma comissão da Federação Italiana deu um parecer favorável ao plano de reorganização apresentado pelo Torino. Na prática, significa que, pelo menos, o clube de Turim poderá disputar a Série B nesta temporada.

A comissão que avaliou o caso examinou as condições do Torino para a aplicação de um recursso legal chamado ‘Lodo Petrucci’, que permite a sociedades em estado pré-falimentar que possam escapar de rebaixamentos às divisões amadoras, caso reúnam determinadas condições financeiras e organizacionais. Não foram divulgadas as cifras do plano apresentado pelo clube.

O Perugia tinha apresentado um recurso similar ao do Torino, mas tinha visto sua solicitação recusada. Contudo, o prefeito da cidade da Úmbria entrou na briga, e numa carta ao presidente da Federcalcio, Franco Carraro, pede à federação que ceda ao clube a vaga do Genoa na Série A. O criativo argumento do político é o de que, devido ao comportamento sereno dos torcedores do Perugia com todos os eventos, o clube tenha direito à promoção. Apesar da criatividade do prefeito, o cenário mais provável para o Perugia é o descenso à Série C1.

O apoio dado ao Torino também será oferecido à Fidelis Andria, ao Benevento e à Spal (que jogarão a C2). A Gela, que tinha apelado para o mesmo recurso, teve seu pedido negado e deve descer às divisões diletantes ou desaparecer, embora ainda lhe reste a apelação ao Conselho de Estado.