Além da perspectiva de um grande jogo entre Borussia Dortmund e Liverpool, a maior expectativa era para o retorno de Jürgen Klopp ao Westfallenstadion. Ele corroborou o discurso discreto que adotou durante a semana e fez questão de não ser o centro das atenções. Essa posição ficou com os jogadores e com a torcida dos dois clubes, que se uniram para fazer uma grande festa e saudar o técnico alemão.

LEIA MAIS: Tradição, torcida, paixão: O DNA em comum que torna Dortmund e Liverpool “clubes irmãos”

Mesmo antes da partida, torcedores de ambos os clubes confraternizaram nos arredores do Westfallenstadion e cantaram em homenagem a Klopp.

 

Dentro do estádio, foi a vez da torcida do Liverpool entoar o nome do treinador.

 

O momento mais emocionante foi poucos minutos antes do apito inicial. As duas torcidas uniram suas vozes para cantar o hino You’ll Never Walk Alone como se fossem uma só.

  Provavelmente, esse não foi o único torcedor que chegou às lagrimas. 

 

Durante o jogo, Klopp comportou-se como se fosse apenas mais um. Vibrou com o Liverpool, comemorou o gol de Origi, que abriu o placar, e envolveu-se com a partida como sempre. Após o apito final, cumprimentou cada jogador e membro da comissão técnica do Dortmund, acenou para a torcida do Liverpool e foi embora.