A quantidade de homenagens recebidas por Vichai Srivaddhanaprabha, morto em um acidente de helicóptero no mês passado, indica que ele era mesmo um homem querido. Além disso, era um dos símbolos de um conto de fadas. Comprou o Leicester na segunda divisão e o levou ao título da Premier League. Uma caminhada que inspira todos os clubes menores que nunca se atrevem a sonhar com a glória que o time de Claudio Ranieri alcançou.

Esse sentimento esteve presente, no último sábado, nas arquibancadas do Estádio King Power, durante a vitória do Leicester a sobre o Watford, por 2 a 0. Os visitantes levaram um bandeirão para homenagear o antigo dirigente, com os dizeres: “Obrigado, Vichai, por permitir que todos nós sonhássemos. Descanse em paz”.

Aiyawatt Srivaddhanaprabha, vice-presidente do Leicester e filho de Vichai, o homem que comandará o clube daqui para frente, ficou tão comovido com a mensagem que, segundo o Leicester Mercury, deu comida, cerveja e refrigerantes de graça para os 3 mil torcedores do Watford que estavam no estádio.

Que baita gesto. Dos dois lados.

.

.