Raoul Lambert completou 75 anos semana passada. Maior ídolo da história do Club Brugge, com mais de 20 anos de serviços prestados, cinco títulos belgas e muitos gols, achou que tivesse passado por todas as emoções que o futebol poderia lhe oferecer. Mas, no último domingo, ao ser homenageado com um mosaico sensacional da torcida antes do empate por 1 a 1 contra o Standard Liège, foi às lágrimas como se ainda fosse um novato.

“Foi muito além das expectativa. Eles fizeram o seu trabalho. Que eu ainda possa passar por isso… formidável”, afirmou Lambert, diante de um mosaico com a sua camisa número 9 em um lado do estádio e um segundo com sua idade no outro lado.

Lambert foi formado no Club Brugge e subiu ao time principal em 1962. Disputou 458 partidas até 1980, com 270 gols marcados. Marcou duas vezes nas finais da Copa da Uefa de 1975/76 e da Copa dos Campeões de 1977/78, ambas contra o Liverpool.