Torcedores do Club Africain, da Tunísia, se mobilizaram para tentar salvar o clube da falência. Os torcedores doaram mais de US$ 450 mil em um dia, segundo a BBC. O clube foi punido com a dedução de seis pontos por salários não pagos a ex-jogadores. O Club Africain é o segundo clube mais antigo entre os tunisianos, além de conhecido pelo continente.

O Club Africain é um dos mais tradicionais do futebol tunisiano. Fundado em 1920, é mais novo apenas que o Espérance Tunis, gigante que é também o maior vencedor da liga nacional, com 29 títulos. O Club Africain tem 13 títulos, o último deles em 2014/15. O último título conquistado no geral foi a Copa da Tunísia, em 2018.

Há uma grande preocupação no futebol tunisiano com a crise de um dos seus principais clubes. A Federação de Futebol da Tunísia (FTF) criou um comitê de crise para tentar evitar que o clube sofra novas punições. Em outubro, a FTF criou uma conta para que os torcedores doassem dinheiro e ajudassem o clube a aliviar a sua dívida.

A iniciativa permitiu levantar US$ 600 mil, uma quantia bastante considerável. Somado ao que a campanha de arrecadação conseguiu na terça-feira, o total alcança US$ 1 milhão. Segundo a FTF, a dívida do clube é de cerca de US$ 6 milhões.

A campanha de doação teve cenas emocionantes. Torcedores fizeram fila para doarem para o clube. Houve crianças chegando com seus cofrinhos. Um torcedor cego chegou com suas economias para doar e tentar salvar o clube. Ele ganhou uma camisa assinada em retribuição.

Na atual temporada, o Club Africain é sexto colocado, com 12 pontos, depois de sete jogos disputados.

Standings provided by Sofascore LiveScore