Alguns torcedores do Milan protestarão nesta quarta contra o alto preço dos ingressos e as medidas de segurança estabelecidas pelo governo italiano. Eles decidiram boicotar a viagem do clube para enfrentar o Empoli, pela nona rodada da Série ª

Em um comunicado, um dos grupos do setor sul do estádio San Siro justificou sua posição. “Sem os jogadores, o football business não existe e nunca existirá”.

Pela nova legislação italiana, chamada “decreto Pisanu”, diversas câmeras foram instaladas nos estádios e arredores para facilitar o monitoramento dos torcedores. Além disso, todos os ingressos vendidos são personalizados, a fim de coibir o hooliganismo.