Um grupo de torcedores corintianos fez um protesto na noite deste domingo em frente à casa do presidente do clube, Alberto Dualib. Revoltados pela derrota de 3 a 0 para o Náutico, membros de torcidas organizadas e do movimento “Fora Dualib” arremessaram ovos na casa do dirigente e colaram adesivos pedindo sua saída do clube.

Dois carros da Polícia Militar protegeram a casa do dirigente. Apesar dos gritos e da irritação dos torcedores, a manifestação terminou sem maiores incidentes.

Embora a ira da torcida se dirigisse ao presidente Dualib e não ao time em si, o técnico Paulo César Carpeggiani corre sério risco de demissão. “Eu não posso responder sobre minha saída, isso é com os dirigentes. Só tenho que pedir desculpas à torcida”, disse o técnico, após a derrota. No entanto, o vice-presidente de futebol corintiano, Rubens Gomes, afirmou que não pretende trocar de treinador, no momento. “Não é trocando o técnico que o time vai melhorar”, afirmou o cartola.