Lionel Messi está a um gol de igualar o recorde de gols de Gerd Müller em um ano. Diante da expectativa pela quebra da marca, Tito Vilanova afirmou que o Barcelona precisa afastar os holofotes do atacante, embora creia que a pressão não seja um problema para o argentino. O atacante deve ser escalado entre os titulares contra o Benfica nesta quarta, mesmo com os blaugranas já garantidos nas oitavas de final da Liga dos Campeões.

“Nós temos que agir naturalmente diante desta possibilidade. Messi tem a chance de bater o recorde, mas isso será mais difícil se todos estiverem focados nele. Entretanto, eu penso que ele pode lidar com essa pressão”, disse o treinador.

Vilanova também descartou a hipótese de poupar o camisa 10 nesta quarta: “Leo descansou na última semana contra o Alavés, mas ele sempre quer jogar e é melhor estar neste ambiente. É uma partida da Liga dos Campeões e ele está empolgado para jogar. Se ele está em campo, isso faz o time mais forte. Estou feliz por ele e, para nós, isso é ótimo”.

Messi soma 84 gols em 2012, um a menos do que Gerd Müller anotou em 1972. Com média de 1,35 tentos por partida, o atacante poderá disputar mais cinco partidas neste ano, chegando a 90 gols se mantiver o ritmo. Apenas nesta temporada, foram 33 gols em 26 jogos.