Tiago Reis saiu do banco para dar uma apertada vitória ao Vasco no fim e encerrar a sequência ruim da equipe

O Vasco atravessa um momento claudicante, em que nem a troca de técnico proporcionou o “fato novo” para que o time embalasse. Os cruzmaltinos vinham de nove partidas sem vitória, incluindo cinco derrotas consecutivas, e entraram na zona de rebaixamento no Brasileirão. Neste momento, a Copa Sul-Americana é uma esperança a se prender e significou ao menos uma breve recuperação nesta quarta. Os vascaínos protagonizavam um melancólico empate contra o Caracas em São Januário, até que Tiago Reis transformasse a noite. O centroavante de 21 anos saiu do banco no final e, já aos 43 do segundo tempo, permitiu a suada vitória por 1 a 0, que dá a vantagem do empate antes da visita à Venezuela.

O primeiro tempo seria morno em São Januário, para dizer o mínimo. O Vasco ficou com a posse de bola, mas não conseguiu criar tantas chances para sair em vantagem no placar. A melhor oportunidade seria de Ribamar, que desperdiçou o cruzamento na medida de Léo Gil. Ainda assim, os erros se repetiam entre os cruzmaltinos na conclusão das jogadas. Pior o Caracas, que mal conseguiu se aproximar da área adversária.

Na volta do intervalo, a partida se tornaria mais aberta graças a um pênalti para o Vasco. Aos 13 minutos, Carlinhos teve a chance de abrir o placar, mas cobrou muito mal. A bola chegou fácil ao goleiro Beycker Velásquez, que sequer deu rebote. Os cruzmaltinos perderam forças depois disso e o Caracas começou a ameaçar mais – mesmo sem fazer tanto contra a meta de Fernando Miguel. A situação já parecia ser desanimadora o suficiente, até Ygor Catatau sair do banco e receber dois amarelos em dez minutos, expulso aos 38. Com um a menos, a missão se tornava ainda mais difícil aos cariocas.

Contudo, Tiago Reis mudou a história do que parecia um tropeço certo ao Vasco e garantiu a vitória no final da partida. O jovem centroavante entrou no lugar de Ribamar aos 40 e, três minutos depois, deixou os cruzmaltinos em vantagem no confronto. A jogada começou com Andrey na direita, que enfiou a Guilherme Parede. O atacante avançou à linha de fundo e cruzou rasteiro. O passe saiu do alcance do goleiro e Tiago apenas escorou às redes vazias. Nos acréscimos, o substituto ainda quase fez a jogada para que Talles Magno ampliasse, mas o garoto errou o alvo.

No final de semana, o Vasco tem um importante compromisso pelo Brasileirão, ao visitar o Goiás e tentar arrancar pontos contra um rival direto na parte inferior da tabela. Já o reencontro com o Caracas fica marcado para a quarta que vem, na Venezuela. O momento dos vascaínos não inspira tanta confiança. De qualquer maneira, a sofrida vitória em São Januário vem com ares de alívio, ao proporcionar um pouco de esperança.