A classificação do Ajax às semifinais da Liga dos Campeões também causou impacto direto no Campeonato Holandês. Segundo o calendário original da Eredivisie, os Godenzonen deveriam entrar em campo neste domingo, apenas dois dias antes de encararem o Tottenham em Londres. Diante da impossibilidade de remarcar a partida contra o De Graafschap para o sábado ou mesmo o duelo com os Spurs para a quarta-feira, a federação holandesa tomou uma medida drástica: resolveu adiar a penúltima rodada inteira da liga nacional. Assim, os jogos que ocorreriam no último domingo, todos no mesmo horário, acabaram remarcados para meados de maio e encerrarão a temporada na competição.

O benefício ao Ajax não agradou a todos, obviamente. E o próprio Mauricio Pochettino veio a público se queixar do descanso extra oferecido aos Godenzonen, enquanto o Tottenham precisou atuar no sábado pela Premier League. Falou o que quis e ouviu o que não quis. Erik ten Hag rebateu o seu colega na mesma moeda. Diante das alegações de “injustiça” feitas pelo argentino, ele relembrou a disparidade de recursos financeiros entre as ligas.

“Não posso falar muito sobre o assunto. Sempre há circunstâncias diferentes. Recebemos €10 milhões da TV, eles ganham €200 milhões, isso ainda é injusto para eles ou também para nós? Todo mundo tem sua própria realidade, você apenas precisa lidar com essas circunstâncias. É isso que fazemos e assim que acontece no futebol”, declarou o treinador. “Foi assim que a Eredivisie decidiu. Agora o Ajax pode ser beneficiado, mas futuramente poderemos dividir o dinheiro vindo dos direitos de televisão, e o Ajax também concordou. É isso”.

Falando sobre o que acontece em campo, Ten Hag ressaltou a maneira como será importante ao Ajax se manter fiel ao próprio estilo: “O time está bem. Estamos motivados e em forma. A verdade sempre aparece de fato no campo, mas estamos preparados. Se jogarmos no nosso estilo, temos chances. O Tottenham muda de esquemas táticos, mas os princípios seguem os mesmos. Podemos nos preparar para isso. Precisamos jogar no nosso estilo, mas podemos nos antecipar ao nosso adversário, se eles permitirem”.

“Desde os anos 1970, o estilo do Ajax se baseia na criatividade. Você precisa ser criativo. Isso depende dos jogadores que encontramos e das nossas categorias de base. Sabemos o que temos de fazer. Nos jogos fora de casa nas competições europeias, é muito importante marcar um gol. Precisamos fazer isso para levarmos esta vantagem”, complementou.

Por fim, Ten Hag falou sobre o sonho que o Ajax atravessa na Champions: “Queremos continuar essa curva ascendente. É incrível estar nas semifinais da Liga dos Campeões. Ninguém poderia prever no início da temporada que uma equipe holandesa alcançaria as semifinais. Até pela maneira como chegamos a este estágio, penso que é uma experiência maravilhosa. Conquistamos algo nesta caminhada, mas queremos fazer muito mais, ir além. Não descansamos em nossos louros”.