Técnico deixa Rapid Bucareste após eliminação na Copa Uefa

Pouco depois da eliminação do Rapid Bucareste da Copa Uefa, nesta quinta-feira, o treinador Cristiano Bergodi deixou o comando do clube. A equipe romena se despediu da competição ao empatar por 2 a 2 com o Nuremberg em casa.

“Bergodi afirmou que estava de saída e sua decisão era definitiva”, disse Cristian Costache, porta-voz do Rapid, em entrevista à Reuters. Como no jogo de volta o time romeno empatou por 0 a 0, acabou eliminado por ter sofrido gols em casa. O clube tentava se classificar pela terceira vez seguida para a fase de grupos da Copa Uefa.

Na semana passada, o treinador havia sido criticado por Mircea Sandu, presidente da federação romena. “Estes técnicos italianos só vêm para a Romênia para ganhar dinheiro, fazer seus nomes aqui e criticar os juízes”, disse.