O técnico da seleção romena, Razvan Lucescu, pediu demissão poucas horas após a vitória contra a Bósnia por 3 a 0 nesta sexta-feira, pelas eliminatórias para a Eurocopa 2012.

Razvan, que é filho de Mircea Lucescu, tem 42 anos e estava no cargo desde abril de 2009. Ele vinha sendo criticado pela imprensa local pelos maus resultados da seleção, que ocupa a terceira posição do Grupo D com oito pontos, atrás da França, com 13, e da Belarus, com nove.

O motivo da saída foi uma proposta do Rapid Bucareste, prontamente aceita pelo treinador.


Os comentários estão desativados.