Participante da Premier League por alguns anos, o Bolton passa por uma fase complicada. Está quase sendo rebaixado na segunda divisão inglesa e demitiu o seu treinador no mês passado. Ao ver o cargo vago, Thomas Fielding, 9 anos, torcedor com ingresso para a temporada inteira, enviou uma carta para o presidente se oferecendo para ser o próximo técnico da equipe, mas o clube preferiu Neil Lennon, experiente e tricampeão escocês com o Celtic. Sensibilizado, o profissional da prancheta fez questão de visitar o garotinho para pedir desculpas por ter “roubado” o emprego dele.

LEIA MAIS: Clube suíço demite o time inteiro depois de perder por 10 a 0

“É uma ótima pequena história”, disse Lennon ao site oficial do Bolton. “A carta dele era bastante parecida com a que eu mandei, mas a letra dele era muito melhor”. Apesar de não conseguir o emprego, Fielding usou bons argumentos. Disse que o elenco tinha jogadores “lerdos, fora de forma e acima do peso”, citou sua experiência no sub-10 do Oxford Grove, clube no qual treina, e arrematou: “eu sei que sou jovem, mas sou barato”.

Não conseguiu, mas pelo menos ganhou a visita de Lennon a um dos seus treinos. O treinador deu algumas instruções, tirou fotos, assinou autógrafos e levou uma camisa do Bolton com o nome “Oxford” nas costas. Agora, tem a missão de provar que faz um trabalho que Tomas Fielding, 9 anos: