Suso já teve bons momentos no Milan – mais numerosos do que a falta de grife ao redor de seu nome sugere. Entretanto, o espanhol vinha sofrendo críticas nesta temporada, e com sua dose de razão. O baixo rendimento não justificava a titularidade do ponta e, nesta quinta, ele terminou sacado da equipe para o jogo contra a Spal. Pois foi exatamente desta vez que o camisa 8 garantiu uma vitória essencial aos rossoneri. Suso saiu do banco e, graças a um belo gol de falta, proporcionou o triunfo por 1 a 0 sobre a Spal, no San Siro. Nem foi o melhor em campo, diante da boa atuação de Paquetá. Ainda assim, a guinada na tabela da Serie A se deve ao substituto.

Stefano Pioli entrou com mudanças no Milan. Além de barrar Suso no setor ofensivo, o treinador improvisou Léo Duarte na lateral direita. Durante os primeiros minutos, os rossoneri até pareciam dispostos a construir uma vitória tranquila. Entretanto, exibiam dificuldades na criação. Lucas Paquetá exigiu uma defesa do goleiro Etrit Berisha. Já no melhor lance, Samu Castillejo carimbou o travessão. Mas não era uma atuação muito convincente dos milanistas, que sofriam para romper a marcação da Spal, em busca da resposta nos contra-ataques.

No início do segundo tempo, o prenúncio ao Milan veio logo nos primeiros instantes. Paquetá serviu Theo Hernández e o lateral mandou às redes, mas estava impedido. Os rossoneri insistiam e Pioli não demorou a mandar Suso para campo, no lugar de Castillejo. Seis minutos depois, aos 18, o espanhol decidiu. Em uma cobrança de falta na entrada da área, Suso bateu no capricho e o goleiro Berisha sequer se movimentou. Depois de tantas críticas, o camisa 8 dava a sua resposta na bola.

Mesmo com a vantagem, o Milan levava mais perigo. Paquetá, em noite inspirada, merecia guardar o seu. Ao lado de Theo Hernández e Ismael Bennacer, o meia era um dos jogadores mais ativo entre os rossoneri e apareceu bastante para finalizar as jogadas. Por pouco não anotou depois dos 30. Primeiro, tentou encobrir Berisha, mas o goleiro salvou. Depois, mandaria de primeira um chute por cima. O brasileiro saiu aplaudido ao ser substituído. Já do outro lado, mesmo ensaiando uma pressão, a Spal pouco conseguiu. Na melhor chance, Jasmin Kurtic mandou a cabeçada para fora. Os milanistas puderam celebrar o resultado apertado.

O Milan conquistou sua quarta vitória em dez rodadas da Serie A. Após a derrota para a Roma, o time volta a ganhar posições na tabela e aparece na décima colocação, com 13 pontos. Porém, já acumula seis pontos de distância em relação à zona de classificação à Champions. Já a Spal, mais uma vez, deverá lutar contra o rebaixamento. A equipe é a penúltima colocada, com sete pontos e perdeu a chance de causar mais problemas aos rossoneri.

Classificações Sofascore Resultados