Em meio às diversas camisas lançadas pela Adidas na segunda-feira, às vésperas de mais uma data Fifa, o material de divulgação de uma delas se destacou. A seleção sueca, com o slogan “Earn the Jersey”, ou “Faça por merecer a camisa”, em tradução livre, lançou um manifesto com os valores que acompanham a sua equipe: apoio ao time e, sobretudo, inclusão.

No vídeo de lançamento do uniforme, atletas da seleção sueca, como Alexander Isak, Albin Ekdal e Robin Quaison, aparecem narrando um texto, que você pode ler na íntegra abaixo:

“Esta não é uma camisa qualquer. Esta é a camisa da seleção sueca. Neste ano, todos os que a vestirem, tanto os jogadores como os torcedores, precisam merecê-la e concordar com os termos e condições que vêm com a camisa: Prometo mostrar respeito a outras equipes, torcedores, funcionários e árbitros. Prometo ficar ao lado da equipe, nos bons e maus momentos. Prometo nunca espalhar ódio, em campo, nas arquibancadas, online ou em qualquer outro lugar. E prometo dar as boas-vindas a qualquer pessoa à equipe, independentemente de sexo, idade, etnia, religião ou orientação sexual. Porque as nossas diferenças fazem a diferença. Prometo honrar esses valores e merecer a camisa nacional. E você?”

Não é a primeira vez nos tempos recentes que a seleção sueca, como instituição, se posiciona com clareza contra a discriminação. Em junho do ano passado, durante a Copa do Mundo, após derrota para a Alemanha por 2 a 1, Jimmy Durmaz, filho de assírios que emigraram da Turquia, foi vítima de ataques racistas nas redes sociais, e a resposta do elenco veio em vídeo, com o indispensável final: “Vai se foder, racismo”.

Em um momento de ascensão do preconceito na Europa, com o futebol em especial sendo palco cada vez mais comum para demonstrações de ódio, o posicionamento, ainda que em uma peça comercial, da seleção sueca é não só bem-vindo como uma boa lição a ser seguida por outras instituições do futebol que supostamente prezam pelo respeito independente de características individuais.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Sweden Men’s National Team. (@swemnt) em