Andrea Pirlo chegou ao New York City no meio da temporada 2015, logo depois de ser campeão italiano e vice da Champions League pela Juventus. Seu começo não foi muito bom. Naquela metade de temporada que jogou, não conseguiu levar o New York City aos playoffs. Em 2016, porém, a história está sendo bem melhor.

LEIA TAMBÉM: Pirlo demorou, mas seu primeiro gol nos EUA veio com uma bela cobrança de falta

Assim como Frank Lampard, que chegou a ser vaiado pelo seu fraco desempenho em campo, Pirlo reencontrou o bom futebol e tem ajudado o time de Nova York a ser o líder da Conferência Leste. Com 30 pontos, o City está a um de vantagem do Philadelphia Union, que tem um jogo a menos. Três a mais que os rivais New York Red Bulls, que têm 27 pontos e o mesmo número de jogos. O time caminha para os playoffs em seu segundo ano e empolga a torcida de Nova York, a maior cidade americana.

A boa campanha ajudou Pirlo a se tornar o jogador que mais vendeu camisas na MLS até aqui. Os dados foram divulgados pela própria liga. Vale lembrar que na MLS, o contrato de fornecimento de material esportivo dos times é o mesmo – todos ligados à liga. No caso, a Adidas. Os dados contam apenas as vendas na MLSstore.com, loja oficial da liga.

Depois de Pirlo, quem mais vende camisas é o principal astro e capitão da seleção americana, Clint Dempsey, do Seattle Sounders – clube que tem uma das torcidas mais participativas da MLS. O terceiro colocado também é do New York City: David Villa, campeão europeu e mundial pela Espanha, que é atualmente o artilheiro da liga com 12 gols.

Jordan Morris, do Seattle Sounders, é o quarto colocado. Foi uma das principais contratações do time nesta temporada. Completam os cinco primeiros o meio-campista Steven Gerrard, do Los Angeles Galaxy, e o brasileiro Kaká, do Orlando City.

Entre os clubes, quem mais tem representantes entre as 20 camisas mais vendidas é justamente o Seattle Sounders. Dempsey (2º), Morris (4º), Brad Evans (17º) e Osvaldo Alonso (18º). O New York City, de Pirlo, tem três. Além de Pirlo (1º) e Villa (3º), Frank Lampard (9º) também aparece na lista.

O Los Angeles Galaxy também tem três representantes na lista: Gerrard (5º), Giovani dos Santos (13º) e Robbie Keane (14º).

Veja a lista das camisas mais vendidas na MLS em 2016:

  1. Andrea Pirlo, New York City
  2. Clint Dempsey, Seattle Sounders
  3. David Villa, New York City
  4. Jordan Morris, Seattle Sounders
  5. Steven Gerrard, LA Galaxy
  6. Kaká, Orlando City
  7. Didier Drogba, Montreal Impact
  8. Sebastian Giovinco, Toronto
  9. Frank Lampard, New York City
  10. Dom Dwyer, Sporting Kansas City
  11. Darlington Nagbe, Portland Timbers
  12. Diego Valeri, Portland Timbers
  13. Giovani dos Santos, LA Galaxy
  14. Robbie Keane, LA Galaxy
  15. Graham Zusi, Sporting Kansas City
  16. Nat Borchers, Portland Timbers
  17. Brad Evans, Seattle Sounders
  18. Osvaldo Alonso, Seattle Sounders
  19. Brek Shea, Orlando City
  20. Kei Kamara, New England Revolution

TRIVELA FC: Conheça nosso programa de relacionamento, ganhe vantagens e marque um gol pelo jornalismo independente!