Pelo Campeonato Australiano, o Perth Glory havia acabado de ampliar sua vantagem sobre o Wellington Phoenix para 2 a 0, e o técnico Kenny Lowe resolveu colocar em campo o meia de contenção Ruben Zadkovich, para dar aquela reforçada na marcação já que o placar estava um pouco mais seguro. Decisão boa, não fosse a intempestividade do substituto. Apenas dez segundos após entrar em ação, aplicou um carrinho bem desnecessário no adversário e acabou expulso pelo árbitro.

VEJA TAMBÉM: Até Fletcher tirou sarro da fama de cai-cai de Ashley Young

Lowe colocou Zadkovich exatamente após o 2 a 0, no momento em que o Wellington Phoenix dava a saída de jogo. Dez segundos após a reposição, Zadkovich, em sua primeira participação no jogo, nem se importou com o fato de que estava no meio do campo, cercado de companheiros, e deu um carrinho criminoso no adversário, na frente do árbitro, sem hesitação alguma. Provavelmente estava assistindo à partida do banco de reservas sedento por algumas canelas.

A atitude do meia quase custou a vitória ao Perth Glory, que chegou a sofrer um gol do Wellington, mas segurou o triunfo por 2 a 1 que o manteve na liderança da A-League, com três pontos a mais que o segundo colocado, Melbourne Victory.