O Hamburgo chegou à última rodada da segunda divisão dependendo dos outros. Precisava que o campeão Arminia Bielefeld levasse a sério o seu jogo contra o Heidenheim. E o fez: 2 a 0 no primeiro tempo, 3 a 0, placar final. Bastaria ao Hamburgo, em seu estádio, empatar com o Sandhausen, sem pretensões, 12º colocado, para marcar um eletrizante dérbi com o Werder Bremen por uma vaga na Bundesliga. O que o Hamburgo fez? Perdeu por 5 a 1 e passará a terceira temporada seguida na Segundona.

Enquanto isso, o Stuttgart apenas confirmou o que já era certo. Apesar da derrota para o Darmstadt, por 3 a 1, tinha a segunda vaga garantida, mesmo se o Heidenheim vencesse o Arminia Bielefeld, pela grande vantagem no saldo de gols. O campeão alemão de 2006/07 havia sido rebaixado em 2016/17, retornou imediatamente, foi sétimo colocado, caiu mais uma vez, perdendo para o Union Berlim nos playoffs, e, agora, está de volta à elite.

A equipe que tem nomes famosos com Holger Badstuber e Mario Gómez, autor de seis gols na segunda divisão, teve uma campanha irregular. Começou-a com oito rodadas de invencibilidade, com seis vitórias. Depois, perdeu cinco vezes em um intervalo de sete jogos e emendou mais oito jogos sem derrota entre dezembro e fevereiro. Na reta final, foi derrotado por Greuther Fürth, Wehen Wiesbaden e Holstein Kiel e empatou com o Bielefeld, mas arrancou uma importante vitória no confronto direto contra o Hamburgo e encaminhou o acesso com goleadas contra o Sandhausen e o Nuremberg nas últimas duas partidas da 2. Bundesliga.

O Hamburgo perdeu fôlego. Havia chegado a meados de fevereiro com apenas três derrotas em 22 rodadas, mas não conseguiu construir muita vantagem pelo excesso de empates. Nos últimos 13 jogos da campanha, ganhou apenas do Jahn Regensburg, do Wehen Wiesbaden e do Dynamo Dresden. No fim de semana passado, perdeu do Heidenheim no confronto direto e, apesar de tudo isso, ainda chegou à última partida com uma boa chance de playoffs.

Com boa vantagem no saldo de gols em relação ao Heidenheim, que ainda levava 3 a 0, o Hamburgo precisava apenas empatar, mas foi aos vestiários perdendo por 2 a 0, gols de Kevin Behrens, que apareceu bem para completar um cruzamento da esquerda e depois saiu nas costas da defesa.

O Hamburgo voltou bem para o segundo tempo e conseguiu descontar, aos 17 minutos, com Aaron Hunt cobrando pênalti. Com meia hora pela frente, precisando de apenas um gol para ficar em terceiro lugar, a situação parecia favorável, mas Josha Vagnoman buscou as pernas de Philip Türpitz, e Behrens completou a sua tripleta. Todo o trabalho do Hamburgo no segundo tempo era anulado.

Desesperado, o time da casa lançou-se à frente e, até com certa facilidade, o Sandhausen fez 4 a 1, no contra-ataque, com Mario Engels tocando na saída do goleiro. Nos acréscimos, a tragédia se completou com o quinto gol, marcado por Dennis Diekmeier.

Arminia Bielefeld e Stuttgart subiram à Bundesliga. Paderborn e Fortuna Düsseldorf foram rebaixados. Werder Bremen e Heidenheim disputarão a última vaga na elite.

.

.

.

.

.

.

.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

.

.