Rodada após rodada, o Manchester City acumula vitórias e se confirma novamente como favorito ao título da Premier League. Depois de uma série de resultados apertados nas últimas semanas, os celestes voltaram a ganhar com folga neste sábado, dentro do Estádio Etihad. O Watford tentou complicar a vida dos anfitriões e montou um ferrolho, mas acabou cedendo no segundo tempo. Méritos principalmente de Raheem Sterling, que balançou as redes três vezes. A vitória por 3 a 1 deixa os Citizens com quatro pontos de vantagem na liderança, embora o Liverpool tenha boas condições de encurtar a distância neste domingo. Os Reds recebem o Burnley em Anfield, com a pressão pelo resultado.

Apesar do compromisso contra o Schalke 04 na Liga dos Campeões, o Manchester City não quis saber de poupar jogadores. E dominou o jogo desde o primeiro tempo, contra um Watford modificado e extremamente defensivo. Até existia liberdade pelos lados do campo, mas o miolo da zaga adversária estava completamente congestionado. Quando sobraram espaços, faltou pontaria aos Citizens. David Silva e Sergio Agüero tiveram ótimas oportunidades para marcar de cabeça, ambos arrematando ao lado da trave. Além disso, pouco antes do intervalo, Riyad Mahrez arriscou da entrada da área e levou muito perigo. Quando exigido, o goleiro Ben Foster apresentou sua segurança.

O jogo mudaria de tom no segundo tempo. Foram 15 minutos arrasadores do Manchester City. Quinze minutos arrasadores de Sterling. O atacante abriu o placar logo no primeiro minuto. Em um lance ajeitado por Agüero, a bola sobrou para o ponta, que chutou prensado e marcou. A jogada gerou uma grande discussão sobre o impedimento do inglês, de fato adiantado. No entanto, depois de minutos de discussão, a arbitragem avaliou que o toque de Daryl Janmaat habilitou o camisa 7 e validou o tento, acertando em sua decisão. Com o Watford atordoado, Sterling ampliou na sequência. Mahrez cruzou para a pequena área e o atacante só precisou cutucar. Por fim, o hat-trick ficou completo aos 14. Sterling partiu da esquerda e aproveitou a bela enfiada de David Silva. Limpou dois marcadores, antes de vencer Foster.

Pep Guardiola logo tirou Sterling, assim como daria um descanso a Agüero na sequência do segundo tempo. O gol de honra do Watford aconteceu a partir de um substituto. Logo em sua primeira participação após sair do banco, Gerard Deulofeu ficou com a sobra de uma bola longa e mandou por baixo de Ederson. Todavia, a reação dos visitantes parou por aí. O Manchester City continuou mandando no jogo e criou oportunidades para fazer o quarto, vendo a defesa dos Hornets se safar nos minutos finais.

O Manchester City fecha a rodada com 74 pontos. São seis vitórias consecutivas na Premier League. A ótima forma neste início de ano atrapalha as pretensões do oscilante Liverpool, que precisa se recuperar contra o Burnley. Será uma semana desgastante ao time de Jürgen Klopp, considerando ainda o duelo com o Bayern de Munique na Liga dos Campeões. Já os celestes, em teoria, não devem ter tantos problemas para confirmar a classificação em cima do Schalke 04. A vitória por 3 a 2 em Gelsenkirchen abriu o caminho.