Diante das aposentadorias de Philipp Lahm e Xabi Alonso, Tom Starke pendurou as luvas na temporada passada sem tanto alarde. O goleiro de 36 anos encerrou sua carreira profissional e passou a trabalhar com os aprendizes de sua posição nas categorias de base do Bayern de Munique. No entanto, os problemas físicos no elenco dos bávaros fizeram com que o veterano repensasse o adeus. Após as lesões de Manuel Neuer e Christian Früchtl, Starke voltou para ser reserva de Sven Ulreich. Pois neste sábado ele foi obrigado a voltar a campo, depois que o titular se machucou durante o aquecimento. Viveu um grande momento. O tempo parado não atrapalhou o camisa 22 a fazer boas defesas e garantir a vitória por 1 a 0 sobre o Eintracht Frankfurt, que manteve o time de Jupp Heynckes na liderança da Bundesliga.

O Bayern garantiu a vitória com apenas 20 minutos de jogo. Um cruzamento preciso de Joshua Kimmich, como tantos que se repetem a cada rodada, encontrou de maneira certeira a cabeça de Arturo Vidal. O chileno não perdoou. O Eintracht Frankfurt, contudo, não foi um adversário fácil de se tragar na Commerzbank Arena. Finalizou o dobro de vezes que os visitantes ao longo dos 90 minutos e exigiu o melhor de Starke. Foram três intervenções vitais para manter seu time a salvo e garantir os três pontos.

Ao final do jogo, Starke ganhou os elogios do chefe. Jupp Heynckes declarou que “este foi um jogo contra um adversário incômodo, mas Starke teve uma atuação fantástica”. Além disso, o próprio goleiro demonstrou sua satisfação com a participação, especialmente por completar 100 partidas pela Bundesliga – acumuladas também em suas passagens por Hamburgo, Duisburg e Hoffenheim.

Depois da ótima vitória sobre o PSG na Liga dos Campeões, o Bayern chega ao sétimo triunfo na Bundesliga em oito rodadas desde que Jupp Heynckes reassumiu o time. Os bávaros acumulam oito pontos de vantagem na liderança, que podem se reduzir a sete, em caso de vitória do Schalke 04 sobre o Borussia Mönchengladbach. E não será surpreendente se a vantagem se ampliar antes do final do primeiro turno, com o time pegando o lanterna Colônia e o ameaçado Stuttgart antes da pausa de inverno.