Uma série de atentados terroristas em Paris ofuscou o amistoso entre França e Alemanha na noite desta sexta-feira. Explosões e tiroteios se espalharam por diferentes lugares da cidade, deixando mais de cem mortos e vários feridos. A maioria das vítimas estava na casa noturna Bataclan, no show da banda Eagles of Death Metal.  Neste sábado, o grupo extremista Estado Islâmico assumiu a autoria dos ataques.

No Stade de France, onde aconteceu o jogo, foi possível ouvir uma explosão forte durante a partida. Nos arredores do estádio três bombas explodiram e ao menos quatro pessoas morreram, incluindo dois terroristas. O campo se tornou refúgio para milhares de torcedores. Um dia de terror para os franceses e para o mundo.

LEIA TAMBÉM: Em noite de medo, seleção alemã passa madrugada no Stade de France por segurança

As primeiras imagens dos atentados de Paris chegaram em minutos pelas redes sociais

Apesar dos ataques, o jogo não foi interrompido para não gerar pânico entre os torcedores. Após o fim da partida, uma mensagem pedia para que as pessoas deixassem o estádio calmamente. Assustadas, elas ocuparam o centro do gramado. Os jogadores da França apareceram em imagens da CNN olhando, assustados, para a TV e esperando instruções da segurança.

O presidente François Holland estava no Stade de France e foi retirado logo que os ataques começaram. O governo francês emitiu alerta vermelho, a polícia está nas ruas com armamento pesado e a recomendação é que as pessoas não saiam de casa. As fronteiras do país estão fechadas e o exército foi mobilizado.

O presidente da Federação Francesa de Futebol, Noël Le Graët, comentou o episódio: “A noite foi perdida com os eventos ao redor do Stade de France. Houve uma explosão na entrada do portão J, provocando três mortes (confirmadas até aquele momento) e alguns feridos. Mas, depois dos ataques, o estádio teve seu policiamento reforçado. O presidente teve que deixar as tribunas logo cedo, por causa dos tiroteios, para se juntar ao Ministério do Interior”.

Na imagem abaixo é possível ouvir o momento em que uma bomba explode no estádio francês. Na sequência, um vídeo feito no estádio mostra as pessoas dentro do campo.