Em meio à série de casos de racismo na Europa, é importante o posicionamento de repúdio de personagens dentro do futebol. E a torcida do Sporting aproveitou o seu compromisso nesta quinta-feira, pela Liga Europa, para declarar seu ideal antirracista. A ação aconteceu antes da goleada por 4 a 0 sobre o PSV, que ratificou a classificação dos leoninos aos mata-matas da competição continental.

“O preconceito racista não cabe no ideal do Sporting” era a frase exibida pelo bandeirão produzido pela Torcida Verde, que tomou um dos setores no Estádio José Alvalade. A arte trazia o brasão de Portugal ao centro, mas diversas bandeiras dos cinco continentes ao redor. O Brasil era um dos países retratados pelos sportinguistas.

Bruno Fernandes foi o grande nome na vitória por 4 a 0. O meia anotou dois gols e deu duas assistências. Os brasileiros também participaram do triunfo: enquanto Luiz Phellype inaugurou o marcador, Wendel deu o passe para o segundo, num chute de longe de Bruno Fernandes. O Sporting confirmou a classificação e ocupa a liderança do Grupo D, com 12 pontos. Já o PSV tem sete e não pode mais avançar. O LASK Linz é o outro garantido da chave nos 16-avos de final.

Classificações Sofascore Resultados