Em meio à rodada do final de semana, o Leicester anunciou um bom reforço à temporada na qual se desdobrará entre Premier League e Liga Europa. As Raposas ganham uma nova alternativa para as pontas com a contratação de Cengiz Ünder. O turco de 23 anos chega por empréstimo ao Estádio King Power. Os ingleses pagarão €3 milhões pela permanência do jovem ao longo do próximo ano, com a opção de compra ao final da temporada por €24 milhões. A um time que precisa mesmo de um elenco mais recheado, a aposta de baixo risco é bem-vinda. E a amizade de Ünder com o zagueiro Çaglar Söyüncü facilitou o negócio.

Ünder e Söyüncü jogaram juntos durante boa parte da adolescência. Eles se tornaram companheiros em 2011, no Bucaspor, aos 15 anos. Acabaram se separando, mas o reencontro aconteceu em 2014, no Altinordu. Somente em 2016 é que seguiram rumos diferentes: enquanto o zagueiro se transferiu ao Freiburg, o ponta defendeu o Istambul Basaksehir, que o projetou à Roma. Parceiros nas seleções de base, os amigos também passaram a defender juntos a equipe principal da Turquia.

“Eu me sinto muito bem porque meu melhor amigo joga pelo Leicester. Estou muito feliz por reencontrar Çaglar e sempre assisti aos jogos do Leicester por causa dele. Conheço todos os jogadores, suas forças e suas capacidades. Mal posso esperar para começar os treinos. Tínhamos o sonho de jogarmos juntos nas competições europeias quando éramos menores. Esse sonho agora vira realidade com o Leicester”, contou Ünder, ao site oficial do Leicester.

Ünder se transferiu à Roma em 2017/18, após os italianos pagarem €14 milhões pela contratação. E o dinheiro se compensou no início, com as boas atuações do garoto. Terminou em alta durante sua primeira temporada, com gols decisivos, e seguiu colaborando aos resultados no segundo ano, apesar de certa inconstância. As lesões e a queda de rendimento dos próprios giallorossi, todavia, atrapalharam a progressão do turco. E ele mal apareceu em 2019/20, deixado no banco por Paulo Fonseca durante parte da temporada.

“Quando eu cheguei à Roma, joguei muito bem. Eu me provei no ataque e sempre tive confiança. Quero mostrar essa confiança também no Leicester. A Roma é um lugar especial para mim, porque aprendi muito, mas agora estou abrindo uma nova página da minha vida. Sempre quis jogar na Inglaterra. Quero me concentrar em jogar na Premier League agora. Sou rápido e posso criar muitas chances aos meus colegas. O mais importante é que conheço todos os jogadores do Leicester. O estilo de jogo na Inglaterra é diferente, acredito que me sairei melhor com a bola. Tentarei ajudar meus companheiros e acredito que posso melhorar meu desempenho”, complementou Ünder.

Ünder tem qualidade técnica e habilidade nos dribles. Novos ares podem ser importantes para que o jovem recupere seu melhor futebol e realmente progrida. O Leicester parece um ótimo ambiente para isso, até melhor do que a Roma. Será uma temporada decisiva à carreira do turco, virando arma para desequilibrar as partidas ao time de Brendan Rodgers. Para assegurar sua transferência definitiva ao Estádio King Power, entretanto, deverá ser mais regular e também se empenhar mais no trabalho sem a bola.

Brendan Rodgers, que pedia adições às pontas, elogiou bastante o reforço: “Ele nos trará mais criatividade. Disse na última temporada que nós precisávamos de mais no ataque. É um jogador jovem, muito rápido, muito dinâmico, que tem visão de jogo. Possui um grande potencial. É um jogador canhoto que atua na direita, então pode cortar para dentro e marcar gols. Estou realmente empolgado em poder trabalhar com ele e vê-lo no nosso esquema”.

O Leicester parece ter recuperado o bom momento da temporada passada neste início de Premier League, com duas vitórias conquistadas, ainda que a tabela tenha ajudado. Contra West Brom e Burnley, Brendan Rodgers escalou as Raposas no 4-1-4-1. Embora renda melhor como segundo atacante, Ayoze Pérez atuou nestas duas partidas como ponta direita, a posição de Ünder. São duas alternativas de bom nível, considerando ainda a importância que o espanhol teve no auge das Raposas durante a campanha passada. Marc Albrighton é mais um que pode aparecer por ali. Ünder ainda pode atuar centralizado na armação ou pela esquerda – onde Harvey Barnes e Demarai Gray são as opções.

Titular ou não, Ünder deve ganhar minutos em campo, considerando que o Leicester precisará rodar seu time com a Liga Europa pela frente. Nesta temporada, aliás, Brendan Rodgers precisará de um plantel mais encorpado para enfrentar as competições pelo caminho – e alternativas fizeram falta na Premier League passada, sobretudo por algumas lesões. Além do turco, as Raposas também trouxeram Timothy Castagne, enquanto contam com o retorno de alguns jogadores que estavam emprestados. Não é a atividade de mercado ideal, mas indica que o clube tentará ao menos manter seu patamar em 2020/21, o que é bem possível. E mais novidades estão por vir, com o miolo da zaga se tornando prioridade na reta final da janela.