O Seattle Sounders mostrou força na noite de terça-feira na Liga dos Campeões da Concacaf, a Concachampions. O time americano venceu o Tigres por 3 a 1 em casa e reverteu a derrota por 1 a 0 no México, garantindo a classificação à semifinal da competição continental pela primeira vez na sua história.

O Tigres assustou em um contra-ataque, antes de abrir o placar em uma descida rápida pela esquerda que acabou no gol de Elías Hernandez, completando bom cruzamento de Alberto Costa. E o placar poderia ter sido aumentado pelos mexicanos por ao menos duas vezes, sendo um deles impedido por uma grande defesa de Jhon Hurtado.

Na parte final do primeiro tempo, os Souders já mostravam força e pressionavam. Criaram ao menos duas grandes chances de marcar antes do intervalo. Manuel Viniegra tratou de ajudou os americanos ao ser expulso pouco antes do intervalo e deixando o time mexicano com um a menos por toda a etapa final.

No início do segundo tempo, DeAndre Yedlin pegou de primeira de longe, a bola desviou e entrou. Era o empate do Sounders. Mas era pouco. O time precisava de mais dois gols. E aos 14 minutos, veio mais um. Um chutaço indefensável de Djimi Traoré de fora da área, que bateu no travessão e entrou. Era a virada americana. Faltava um para a classificação.

Aos 30 minutos, Edward Johnson recebeu na ponta esquerda, avançou para dentro da área e, quando parecia que ia cruzar, chutou para o gol, surpreendendo o goleiro e marcando o gol da classificação dos Sounders. Com o placar de 3 a 1, o time avançou às semifinais, rompendo a barreira que tinha parado em 2011, ano da melhor participação do time na competição.

O Seattle Sounders, que teve média de público de 43.144 pessoas na temporada 2012, espera tornar o seu estádio, o CenturyLink Field, um inferno também para os adversários do continente.

Atual campeão, Monterrey também avança

A classificação do atual campeão foi bem mais tranquila que a do Sounders. Depois de vencer por 3 a 1 o Xelaju Mario Camposeco, da Guatemala, jogando fora de casa, os Rayados tinham a missão apenas de não perder por mais de um gol de diferença para se garantir. O empate por 1 a 1 foi a garantia que o time precisava para avançar, graças a um gol de Walter Ayoví, aos 19 minutos do segundo, que empatou o jogo. Fredy Santiago tinha aberto o placar aos 44 minutos do segundo tempo.

Nesta noite, mais dois confrontos que definem os semifinalistas. O Houston Dynamo defende a vantagem de 1 a 0 que construiu em casa contra o forte Santos Laguna, vice-campeão no ano passado. O jogo será no México, no estádio Nuevo Corona, em Torreón.

Já o atual campeão da MLS, o Los Angeles Galaxy, recebe o Herediano, da Costa Rica, no Home Depot Center, em Carson, na Califórnia. O time empatou por 0 a 0 fora de casa e precisa de uma vitória por qualquer placar para se garantir na semifinal.