Ter imbecis nas arquibancadas é algo que não depende necessariamente da camisa em campo. A reação contra a ignorância destes imbecis, no entanto, diz muito mais sobre a identidade de um clube. Nesta quinta-feira, mais um caso de racismo aconteceu nos estádios italianos. A manifestação preconceituosa foi encabeçada por alguns torcedores da Roma, durante o duelo contra o Wolfsberger pela Liga Europa. No entanto, o repúdio foi imediato. O restante do Estádio Olímpico se voltou contra os racistas e os calou com vaias.

A história é contada pela Gazzetta dello Sport. Segundo o jornal, durante o final do primeiro tempo, sons de macaco vinham da Curva Sud do Estádio Olímpico, onde ficam os ultras. Os gritos eram direcionados a Anderson Niangbo, marfinense que atua pelo Wolfsberger. Descreve a Gazzetta: “Os sons foram imediatamente cobertos pelas vaias do resto do estádio, incluindo da própria curva, e a partida continuou sem repercussões”. Os romanistas deixaram claro como não admitem tal comportamento em suas partidas.

Durante o intervalo, o locutor do estádio leu o comunicado padrão da Uefa nos alto-falantes, informando que qualquer forma de discriminação é proibida. A Roma ainda não se posicionou oficialmente sobre o caso. Na última semana, diante da capa com conotação racista do Corriere dello Sport envolvendo Chris Smalling, os giallorossi se manifestaram de maneira contundente contra o racismo e, mesmo entendendo que a manchete não era intencional, suspenderam as relações com o jornal até o final de dezembro. De qualquer maneira, é importante identificar e punir os responsáveis pelo episódio desta quinta.

Dentro de campo, a Roma empatou com o Wolfsberger por 2 a 2. Diego Perotti abriu o placar cobrando pênalti aos sete, enquanto Alessandro Florenzi cedeu o empate com um gol contra três minutos depois. Aos 17, Edin Dzeko retomaria a vantagem aos romanistas. Já aos 18 do segundo tempo, Shon Weissman decretou o placar final ao concluir um contra-ataque. Amadou Diawara, decisivo no lance do segundo gol italiano, terminou como um dos melhores em campo.

A Roma terminou na segunda colocação do Grupo J da Liga Europa, com nove pontos. O Istambul Basaksehir tomou a liderança ao derrotar o Borussia Mönchengladbach na Alemanha. Já o Wolfsberger teve uma participação digna em sua estreia continental. Apesar da lanterna, somou cinco pontos.

Classificações Sofascore Resultados