Enquanto muitos colocam em xeque a decisão de Wesley Sneijder em assinar com o Galatasaray, é inquestionável o grande negócio feito pelos turcos. Atual campeão nacional e de volta aos mata-matas da Liga dos Campeões após 10 temporadas, o clube contrata um armador que ainda pode ser considerado entre os melhores do mundo em sua posição. Presidente dos Aslanlar, Unal Aysal exaltou o acordo com o holandês.

“Nós estamos acertando com jogadores conforme as diretrizes do técnico. É uma grande realização para Sneijder atuar no Galatasaray. Ele disse que está vindo para o clube com a intenção de encerrar a carreira aqui. Nossas expectativas serão cumpridas”, declarou o presidente, em entrevista ao canal de televisão oficial do clube.

O técnico Fatih Terim deverá remodelar o esquema tático do Galatasaray para encaixar Sneijder. Desde que reassumiu o clube, o técnico utiliza o 4-4-2, com dois atacantes de presença física na frente. Com o holandês, o técnico deverá remodelar o esquema para o 4-4-1-1, com Burak Yilmaz, Umut Bulut e Johan Elmander disputando a vaga de centroavante.

Aysal também elogiou a postura do presidente da Inter, Massimo Moratti, durante as negociações: “Moratti é um cavalheiro de verdade. Eu gostei de sua atitude a cada encontro que tivemos. O final foi feliz para todos. Eu expliquei nossa visão há dois anos. Queríamos participar da Liga dos Campeões de maneira permanente e é isso o que nós fazemos”.

A chegada de Aysal ao poder, em 2011, coincide com um momento de virada na história recente do Galatasaray. Após fazer uma das piores temporadas de sua história, terminando o Campeonato Turco em oitavo lugar, o Cim Bom trouxe de volta Terim, que treinava a seleção, e além de ampliar seus investimentos em reforços. Reconquistou a Süper Lig e, além de brigar pelo bicampeonato nacional, faz bom papel na Liga dos Campeões.

Sneijder é a quarta contratação mais cara da história do Galatasaray, custando € 7,5 milhões. Nas últimas duas temporadas, os Aslanlar gastaram € 53,9 milhões no mercado de transferências – apenas o Fenerbahçe, com € 65,3 milhões investidos, supera o valor na Turquia. Além disso, os alvos do clube mudaram: ao invés de destaques do leste europeu, o clube passou a compor sua base basicamente por destaques do futebol turco e jogadores rodados em seleções. Uma estratégia que, por enquanto, vem sendo perfeita.